HEXA ADIADO – DIÁRIO DA COPA DIA 20

Por | 2018-07-06T22:09:00+00:00 06/07/2018|

O sonho do hexa está adiado. O Brasil perdeu para a Bélgica pelo placar de 2 x 1 e está eliminado da copa do mundo 2018. Mesmo melhorando muito no segundo tempo, a equipe de Tite não conseguiu reverter o resultado adverso do primeiro tempo. E mais uma vez, o hexa está adiado.

Durante toda a Copa do Mundo registraremos os fatos relevantes do dia, e a expectativa para os próximos jogos, dando a nossa leitura sobre o andamento do maior evento de futebol do planeta.

JOGOS DO DIA

Uruguai 0 x 2 França

Local: Estádio Nizhny Novgorod (Nizhny Novgorod)
Horário: 11h
Árbitro: Nestor Pitana (Argentina)
Público: 43.319 torcedores
Gols: Varane 40′ 1T e Griezmann 16 2T (FRA)

Jogador da partida

Brasil 1 x 2 Bélgica

Local: Arena Kazan (Kazan)
Horário: 15h
Árbitro: Milorad Mažić (Sérvia)
Público: 42.873 pessoas
Gols: Fernandinho (contra) 13 do 1T e De Bruyne 31 do 1T (BEL) e Renato Augusto 31 do 2T (BRA)

Jogador da partida

DESTAQUES

Cavani não joga, Uruguai perde e zagueiro chora antes mesmo do final da partida 

Cavani fez muita falta ao Uruguai na tarde de hoje. Sem seu companheiro de ataque, o atacante Luis Suárez foi muito bem marcado, pouco participou do jogo e quase não foi acionado por sua equipe. Com isso, os uruguaios acabaram vendo a França marcar duas vezes e carimbar seu passaporte direto para as semi-finais da copa do mundo.

Antes mesmo do apito final, o zagueiro Gimenez não pode conter as lagrimas pela eliminação uruguaia.

Frangaço de Muslera

O Uruguai precisava reagir na partida. Para isso, o treinador Oscar Tabarez colocou em campo Maxi Gómez  e Cristian Rodríguez Cebola nos lugares de Stuani e Bentancur. Mas então, veio o golpe final. Em um despretencioso chute de Griezmann, no meio do gol, a bola bateu nas mãos de Muslera e acabou morrendo no fundo do gol. Frangaço do goleiro uruguaio que acabou comprometendo uma possível reação da equipe.

Griezmann é destaque do jogo, mas não comemora gol

O atacante francês Griezmann foi o grande destaque da partida de hoje entre França e Uruguai. O jogador do Atlético de Madrid foi o responsável pela assistência do primeiro gol da França, marcado por Varane e o autor do segundo gol, em chute de longe que contou com uma grande ajuda do goleiro Muslera. O jogador, entretanto, não comemorou o gol. O motivo? Griezmann é companheiro de clube da dupla de zaga uruguaia, Godín e Gimenez, que também jogam no Atlético de Madrid. “Estava jogando com amigos”, justificou-se.

Brasil perdeu no primeiro tempo

Foi no primeiro tempo que o Brasil perdeu o jogo para a Bélgica. O Brasil até começou melhor, acertando a trave da Bélgica com Thiago Silva aos 8 minutos. Mas aos 13 minutos, em cobrança de escanteio, Fernandinho acabou marcando contra. O Brasil então na ânsia de empatar, deu espaços e em um contra-ataque fulminante, Lukaku encontrou De Bruyne que acertou um chute forte, no canto de Alisson e abriu 2 x 0 no marcador.

O segundo tempo do Brasil foi muito melhor. Com as entradas de Firmino, Douglas Costa e depois Renato Augusto, o Brasil amassou a Bélgica no seu campo de defesa, descontou no marcador em gol de Renato Augusto, mas não foi o bastante para empatar a partida e sonhar com a vaga. Assim, o Brasil acabou pagando pelos erros do primeiro tempo e deixa uma copa do mundo onde, sem dúvidas, poderia ter ido mais longe.

Bélgica da aula de contra-ataque

A Bélgica deu uma aula de contra-ataque no segundo gol. A zaga afastou a bola de cabeça que na intermediária caiu no pé de Lukaku. O centroavante avançou em velocidade, se livrou da marcação e encontrou De Bruyne que acertou um belo chute, da risca da grande área, no canto do goleiro Álisson. Esse gol selaria a eliminação brasileira.

Virou Eurocopa

Com a eliminação do Uruguai e do Brasil no dia de hoje, a copa do mundo transformou-se em uma Eurocopa. Apenas seleções europeias seguem vivas na disputa do mundial. Além da França e Bélgica, já semi-finalistas, estão na disputa as seleções da Croácia, Rússia, Inglaterra e Suécia.

ANÁLISE JOGOS DIA 21 – 07/07

Quartas de Final

Suécia x Inglaterra – 11h

A Suécia passou com o placar mínimo pela Suíça e agora quer avançar para uma semi-final, repetindo o feito de 1994. Já os ingleses, sofreram contra os colombianos e querem retornar uma fase semi-final depois de 28 anos.

Suécia:  O meia Larsson retorna ao time, depois de cumprir suspensão, e deve ocupar a vaga de Svensson. Lustig, entretanto, é o suspenso da vez e deve dar lugar a Krafth no time. Assim, o time sueco deve ir a campo com Olsen; Krafth, Lindelöf, Granqvist e Augustinsson; Claesson, Larsson, Ekdal, e Forsberg; Berg e Toivonen.

Inglaterra: já o treinador Gareth Southgate, não tem desfalques e deve manter o time que iniciou o jogo com a Colômbia, com Pickford; Trippier, Walker, Stones, Maguire e Ashley Young; Dele Alli, Henderson e Lingard; Sterling e Harry Kane.

Palpite: classificação da Inglaterra

Rússia x Croácia – 15h

Os anfitriões sonham com uma vaga nas semi-finais jogando em sua própria casa. Mas para isso, precisam superar uma Croácia que deseja igualar-se a geração de Suker que em 1998 chegou a fase semi-final da copa do mundo.

Rússia: Os russos devem ir a campo com Akinfeev; Mario Fernandes, Kutepov, Ignashevich, Kudryashov; Zobnin, Kuzyaev; Samedov, Golovin, Cheryshev; Dzyuba.

Croácia: O time de Zlatko Dalic deve jogar com: Subasic; Vrsaljko, Vida, Lovren e Strinic; Brozovic e Rakitic; Modric e Perisic; Mandzukic e Rebic.

Palpite: classificação da Croácia.

Deixar Um Comentário