O futebol argentino não para, nem para o brinde

As festas de fim de ano se aproximam, mas a atividade no futebol argentino não para. Na verdade, algumas equipes competirão até algumas horas antes da véspera de Natal, enquanto outras terão que voltar aos gramados algumas horas depois do Natal. Mas, é claro, como tantos meses de jogos foram perdidos devido à pandemia, a AFA não quer perder mais nem um segundo.

E se o futebol argentino não para, tampouco nossos resumos semanais. Conheça aqui todas as novidades das competições argentinas, que já estão entrando na zona de definição, para que você não perca nenhuma informação.

Copa Libertadores

River Plate avança a semifinais em grande jogo

River avançou para as semifinais do torneio mais importante da América pela quarta vez consecutiva. E não é surpreendente. O time de Marcelo Gallardo segue jogando em grande nível. Nesta oportunidade, apesar de ter jogado com um jogador a mais devido à expulsão do goleiro do Nacional aos 18 minutos do primeiro tempo, o River humilhou o time uruguaio ao derrotá-lo por 6-2. Desta forma, o agregado foi de 8-2 a favor do “Milionário”. Agora, terá sua força medida novamente no dia 5 de janeiro contra o Palmeiras, para tentar chegar a final.

Racing vai com vantagem para “La Bombonera”

No primeiro jogo do cruzamento argentino da Copa Libertadores, o Racing venceu por 1 a 0 em casa. O jogo foi muito difícil, pois nenhuma das equipes ousou arriscar muito. No entanto, o Racing soube aproveitar a baixa intensidade ofensiva do Boca para manter o seu gol no zero e, no segundo tempo, após uma grande jogada da equipe, o paraguaio Melgarejo abriu o placar com um cabeceio poderoso. Os torcedores do Boca fizeram muitas críticas, tanto Miguel Ángel Russo, pela abordagem e jogadores que utilizou, como também os jogadores, a quem acusavam de terem jogado “de má vontade”.

No dia 23 de dezembro, as 21:30, hora de Buenos Aires é o jogo da volta na Bombonera.

Copa Sul Americana

Lanús devolveu o Independiente à realidade

O Independiente vinha com muitos problemas extra-campo, que os últimos bons resultados conseguiram deixar para trás. No entanto, Lanús fez todos esses resultados irem por terra abaixo. Depois de um 0-0 muito disputado no jogo de ida, a equipe “Garnet” esmagou o “Rojo” no jogo de volta. Os atacantes do time visitante aproveitaram o péssimo desempenho da defesa do Independiente e marcaram 3 gols, ainda no primeiro tempo. Além disso, Lanús regulou o seu jogo (embora pudesse ter marcado mais gols) e manteve o zero no seu marcador até aos 88 minutos, momento em que veio o desconto de Roa, que foi inútil.

Nas semifinais, o Lanús pega o Vélez.

Vélez novamente avançou com sofrimento

O “Fortín” viajou ao Chile para virar o 1-2 que havia sofrido em casa. E o fez. No primeiro tempo, o Tarragona deu esperança para o time argentino, mas no complemento Aued empatou para o local. Cinco minutos depois desse empate, Orellano empatou o placar agregado. Com aquele resultado, todos aguardavam os pênaltis (Ariel Holan, o treinador do Universidad Católica estava focado em fazer a lista dos jogadores que estariam encarregados de chutar). Porém, na última jogada da partida, Lucero cabeceou para levar o Vélez às semifinais da Copa Sul-Americana.

Desta forma, Vélez avançou em três das quatro séries que disputou com gols nos acréscimos. A história se repetirá contra o Lanús?

Defensa y Justicia segue fazendo historia e está nas semifinais

O “Halcon” chegou às semifinais de um torneio continental pela primeira vez em sua história, depois de vencer o Bahia por 1 a 0 em casa e selar a classificação com um 4 a 2 no placar agregado. Desta forma, Defensa y Justicia continua colhendo grandes conquistas desde sua promoção à primeira divisão, pela primeira vez, em 2014: 5º lugar no torneio local em 2016, participação na Copa Sul-Americana 2017 onde eliminou o São Paulo, nas quartas de final da Copa Sul-Americana 2018, vice-campeão do torneio local em 2019, participação na Copa Libertadores 2020 e passagem às semifinais da Copa Sul-Americana 2020. Agora, a equipe comandada por Hernán Crespo buscará seguir fazendo história e enfrentará o Coquimbo Unido, do Chile, por uma vaga na final.

Copa Diego Armando Maradona

Zona Campeón

No grupo A, Boca e River, apesar de estarem na liderança da Copa Libertadores, se recuperaram após não conseguir somar três pontos na primeira rodada. O Boca virou o jogo contra o Independiente, que começou vencendo e teve a chance de obter 2-0, mas Rossi defendeu um pênalti de Roa e deixou o clube “Xeneize” vivo. No complemento, os melhores números do Boca fizeram efeito e viraram o jogo nos últimos 10 minutos, com um desempenho excelente de Cardona (ele marcou o segundo gol e ajudou Soldano no primeiro).

O River, por sua vez, venceu o Huracán por 3-1 com gols de Suárez e De la Cruz (2) em um jogo com muitas polêmicas, mas o resultado foi justo em termos de jogo. O Argentinos também venceu, depois do empate na primeira rodada: fez 1-0 no campo do Arsenal com um gol de Hauche.

Pelo grupo B, Talleres não conseguiu vencer o Atlético Tucumán em casa e empatou em 1 a 1, o que impediu o time de Córdoba de chegar ao topo da tabela. O San Lorenzo voltou a jogar muito mal e, com polêmica, conseguiu um empate com o Colón. Nesse jogo, o “Pulga” Rodríguez voltou a marcar, com um gol impressionante.

Banfield e Gimnasia fecharam a rodada com um grande jogo, já que quem venceria seria o líder isolado. Embora o Gimnasia tenha jogado melhor, o Banfield somou os três pontos graças a Jesús Dátolo, que marcou o 2-1 aos 98 minutos, em cobrança de penalti. Um lance curioso aconteceu logo após o gol: o Gimnásia tentou sair do meio rapidamente, mas um gandula entrou no campo para impedir. Desta forma, Banfield é o único líder deste grupo.

Fase Complementación

No grupo A, três times dividem a liderança com 4 pontos: Rosario Central, Defensa y Justicia e Lanús. Defensa y Justicia y Lanús se enfrentaram, em partida em que o Lanús começou melhor, mas depois do empate do “Halcón”, o dominio absoluto foi dos comandados de Crespo, que merecia vencer a partida, mas que terminou empatado em 1 -1.

Já o Rosario Central teve a oportunidade de liderar sozinho, mas empatou em 2 a 2 com o Unión em um jogo muito emocionante. O Union começou vencendo, mas o time local rapidamente virou o jogo. Nos últimos 15 minutos, o Unión chegou ao empate e esteve muito perto de vencer, mas não conseguiu marcar e os clubes dividiram a pontuação.

Na segunda partida, que, exceto pelo gol, faltou emoção, mas o Aldosivi venceu o Patronato por 1-0.

No grupo B, Newell’s e Vélez são líderes com 100% de aproveitamento. A equipe de Rosário foi muito superior ao Godoy Cruz e venceu-o por 3-0, enquanto Vélez venceu o Central Córdoba por 2-0 em uma partida em que não merecia somar os três pontos.

O Estudiantes recebeu o Racing (que jogou com um time totalmente reserva) e empatou 1-1. A novidade? O Estudiantes marcou um gol pela primeira vez desde que o futebol foi retomado, após a parada pela pandemia. O último gol havia sido convertido em 9 de março contra o mesmo rival.

Copa Argentina

A competição que engloba todas as divisões do futebol argentino será disputada novamente nesta semana. Antes da paralisação devido à pandemia, apenas nove partidas da 32ª final haviam sido disputadas. Esta edição ia conceder uma vaga para a Copa Libertadores de 2021, mas como não terminará antes do início da competição continental no ano que vem, ela proporcionará uma vaga para a Copa Libertadores de 2022. A vaga pendente para a edição de 2021 da Copa Libertadores será do quinto melhor colocado na tabela geral da temporada passada, que, por enquanto, é o Vélez.

A partida que retomará a competição será entre Newell’s e Sportivo Peñarol (terceira divisão), que jogam dia 23 de dezembro, às 18h10, horario de Buenos Aires.

Jogos desta semana no futebol argentino

Além dos jogos da Copa Diego Armando Maradona, que tem um calendário atípico devido às festividades, serão disputados mais dois jogos: a já mencionada Copa Argentina e um jogo pendente entre Defensa y Justicia e Estudiantes no dia 1, da já suspensa Supertaça da Liga, da qual apenas uma rodada foi disputada devido à pandemia.

Por que é disputado, se a competição já está suspensa? Pois aquela única rodada que foi disputada somou pontos para a tabela geral da temporada, que define vaga para as copas internacionais de 2021. Portanto, esse jogo pendente precisa acontecer. De todos modos, é muito difícil mudar algo nessa classificação, já que Defensa y Justicia precisaria vencer por quatro gols ou mais para superar o Vélez, e ficar com o quinto lugar, classificando-se assim, para a próxima Copa Libertadores.

Primeira Nacional e Torneio de Transição Feminino

Na Fase 1 da segunda categoria do futebol argentino, Estudiantes de Buenos Aires e Platense são os primeiros do grupo A com 8 pontos, mas isso pode mudar se o Agropecuario vencer o Morón, no dia 22 de dezembro, o que o deixaria em primeiro com 9 pontos. No grupo B, o Atlético Rafaela segue firme na primeira colocação com 10 pontos e leva três na frente de seus principais perseguidores: Tigre e Sarmiento.

No Grupo A da Fase 2, o Barracas Central venceu novamente (desta vez sem polêmica) e segue em primeiro, com 10 pontos. É seguido de perto por San Martín de San Juan com 8. No Grupo B, Almagro lidera com 9, escoltado pelo Instituto e Quilmes, com 7.

No Torneio de Transição Feminino, a fase de grupos foi encerrada após as partidas restantes nos grupos A e C terem sido disputadas e as equipes que jogarão as quartas de final foram definidas. No grupo A, em que o Boca já havia garantido o primeiro lugar, Gimnasia ficou com o segundo depois de conseguir um empate agonizante contra o S.A.T no último lance da partida. No grupo C, o San Lorenzo venceu todas as partidas e garantiu o primeiro lugar, enquanto o Independiente ficou com o segundo lugar graças a um saldo de gols melhor que o Estudiantes, rival que enfrentou no último dia e empatou em 0 a 0 .

Assim, os cruzamentos das quartas de final, que serão disputados entre os dias 26 e 27 de dezembro, foram definidos da seguinte forma:

Boca – Platense

San Lorenzo – Racing

UAI Urquiza – Gimnasia

River – Independiente