MAIS UM DIA DE KANE – DIÁRIO DA COPA DIA 19

Por | 2018-07-03T21:42:01+00:00 03/07/2018|

Harry Kane, 24 anos, está disputando sua primeira copa do mundo. Mas já atingiu marcas impressionantes. Talvez a principal delas seja o fato de ter marcado 6 gols em 6 chutes a gol. Isso mesmo. O atacante inglês chutou 6 vezes a gol nos 4 jogos que disputou e marcou em todos. Claro que 3 dos 6 gols foram de pênalti, mas essa não foi a única marca do capitão inglês. Ele é o primeiro jogador inglês a marcar em seis jogos consecutivos, desde Tommy Lawton, em 1939. Além disso, igualou-se a Gary Linkeker, que marcou 6 vezes em 1986 e foi o artilheiro da copa.

Durante toda a Copa do Mundo registraremos os fatos relevantes do dia, e a expectativa para os próximos jogos, dando a nossa leitura sobre o andamento do maior evento de futebol do planeta.

JOGOS DO DIA

Suécia 1 x 0 Suíça

Local: Estádio Krestovsky (São Petersburgo)
Horário: 11h
Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia)
Público:
Gols: Forsberg 21′ 2T

Jogador da partida

Colômbia 1 (3) x 1 (4) Inglaterra (Após pênaltis)

Local: Arena Otkrytie (Moscou)
Horário: 15h
Árbitro: Mark Geiger (USA)
Público:
Gols: Kane 12′ 2T (ING). Mina 48′ 2T (COL).

Jogador da partida

DESTAQUES

Depois de 24 anos, a Suécia está nas quartas de final

Em um jogo muito disputado, e tecnicamente de baixo nível, Suécia e Suíça fizeram um jogo de muita disciplina tática, mas muitos erros nas conclusões a gol. E foi em um gol de Forsberg, camisa 10 sueco, contando com desvio no zagueiro suíço, que os suecos garantiram seu lugar nas quartas, o que não acontecia desde 1994.

Única chance de não ter final inédita é Brasil e Suécia

É muito provável que teremos uma final inédita nesta copa do mundo. Isso porque, só existe um cruzamento que já teria acontecido anteriormente. Brasil e Suécia fizeram a final de 1958, vencida pelo Brasil e como estão em lados opostos na tabela, poderiam sim encontrar-se na decisão da copa do mundo.

Polêmica, gol nos acréscimos e decisão por pênaltis

Em uma partida muito disputada e que só terminou na decisão por pênaltis, a Inglaterra abriu o marcador com um pênalti no mínimo polêmico assinalado a favor da Inglaterra e convertido por Harry Kane, goleador da copa do mundo. O juiz viu empurrão de Sanchez no próprio Kane e marcou, sem sequer consultar o VAR. E a Colômbia chegaria ao empate já nos acréscimos do segundo tempo, em gol de cabeça do zagueiro Mina, aos 48 do 2T. Depois da manutenção do empate na prorrogação, a partida foi para a cobrança de penalidades máximas. Uribe e Bacca desperdiçaram as suas cobranças e a Inglaterra ficou com a vaga.

Inglaterra supera tabus

A Inglaterra não sabia o que era superar uma etapa eliminatória desde 2006, quando havia vencido o Equador na fase de oitavas da copa do mundo. De lá para cá acumulou fracassos como a não classificação para a Eurocopa em 2008, eliminação nas oitavas da copa para a Alemanha em 2010, derrota nas quartas da Eurocopa para a Itália, eliminação na primeira fase da copa de 2014 e derrota para a Islândia nas oitavas da Eurocopa de 2016.

Além disso, a Inglaterra já havia sido eliminada por equipes sul americanas em 5 oportunidades na copa do mundo. Para o Brasil (em 1962 e 2002), para a Argentina (em 1986 e 1998) e o Uruguai (em 1954).

ANÁLISE JOGOS DIA 20 – 06/07

Quartas de Final

França x Uruguai – 11h

Mbappe foi o grande nome da França frente à Argentina. Cavani foi o grande nome do Uruguai contra Portugal. Cavani, entretanto, não é presença confirmada no jogo em virtude do edema muscular sofrido no jogo contra Portugal. A França não chega a uma fase semi-final desde 2006 e o Uruguai foi semi finalista em 2010.

França: sem poder contar com Matuidi, suspenso, a França deve ir a campo com Lloris, Pavard, Varane, Umtiti e Lucas Hernandez; Pogba, Kanté, Corentin e Griezmann;  Mbappe e Giroud.

Uruguai: com duvida em relação a presença de Cavani no jogo, o provável time do Uruguai para ir a campo tem Muslera, Varela, Gimenez, Godin e Caceres; Vecino, Betancur, Sanchez e Rodriguez; Luis Suarez e Cavani (Maximiliano Gomez).

Palpite: classificação da França

Brasil x Bélgica – 15h

Um confronto da geração de ouro belga com a vitoriosa seleção de Adenor Bachi, o Tite. Os belgas tem 23 jogos sem perder e enfrentam o Brasil que na gestão Tite sofreu apenas 6 gols em 25 jogos e perdeu uma única vez. Um grande jogo, apontado por muitos, como uma final antecipada da copa do mundo.

Brasil: com o retorno de Marcelo ao time e a suspensão de Casemiro, o Brasil deve ir a campo com Alisson, Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Fernandinho, Paulinho, William e Coutinho; Neymar e Gabriel Jesus.

Bélgica: sem desfalques na equipe, a Bélgica vai com o que tem de melhor a campo: Courtois, Alderweireld, Kompany, Vertonghen; Meunier, De Bruyne, Witsel, Carrasco; Mertens, Hazard e Lukaku.

Palpite: classificação do Brasil

Deixar Um Comentário