River Plate campeão da Supercopa Argentina

O River Plate mais uma vez campeão, a arrancada da Copa Libertadores pelos clubes argentinos e a 4ª rodada da Copa da Liga Profissional com grandes goleadas. Tudo isso e muito mais, em um novo resumo semanal do futebol argentino no Leitura de Jogo.

Copa Libertadores: começa a competição para San Lorenzo

O “Ciclón” joga nesta quarta-feira, 10 de março, contra o Universidad de Chile, pela segunda fase pré-eliminatória da Copa Libertadores. A equipe comandada por Diego Dabove será a primeira a entrar em campo pela edição de 2021 do torneio mais importante da América, já que é a única que joga a fase preliminar e não entra diretamente na fase de grupos. Com um fraco desempenho nas primeiras rodadas do torneio argentino, San Lorenzo terá que melhorar muito se quiser avançar para a última fase pré-eliminatória.

Supercopa Argentina: o River Plate de Gallardo e sua mania de títulos

A esta altura, o River Plate de Gallardo não surpreende mais. Novamente, o time apresentou um grande futebol e, como de costume nos últimos anos, voltou a gritar “campeão”. Desta vez foi pela Supercopa Argentina, com uma vitória de 5 a 0 sobre o Racing. Desta forma, os “Millonarios” somaram seu título número 67 (13 Copas Nacionais) na história.

O primeiro tempo da partida mostrou claramente as intenções de ambas as equipes. O River tentou desde o primeiro minuto tomar a posse da bola e causar estragos, atacando pelas laterais, principalmente pelo lado esquerdo de Angileri e Carrascal, que aproveitavam os avanços do lado direito do Racing para ganhar esse espaço. A “Academia”, por outro lado, não queria complicar-se com a pressão exercida pelo rival e sempre procurou sair com ligação direta da defesa para Copetti, o atacante corpulento que se caracteriza pelo jogo aéreo.

Um River dominando o jogo, mas sem conseguir marcar e um Racing apostando no “chutão” poderia resumir os primeiros 30 minutos da partida, momento em que Rafael Santos Borré abriu ou o marcador em cobrança de escanteio de De la Cruz. Nos últimos minutos da primeira parte não houve mudanças em termos de jogos, e o Racing até chegou a área adversária, mas sem criar situações perigosas realmente.

Já no segundo tempo, a equipe de Gallardo saiu para pressionar os zagueiros centrais do Racing para evitar que continuassem a chutar de longe, o que deixou a equipe albiceleste sem possibilidade de gerar jogo. Assim, aos 69 minutos, chegou o ponto culminante da partida: Julián Álvarez definiu um contra-ataque de grande qualidade que deixou o rival ainda mais atordoado do que estava. O River aproveitou a queda emocional da equipe de Pizzi e bateu mais duas vezes nos três minutos seguintes (De la Cruz e Miranda contra). Com o jogo totalmente resolvido, Matías Suárez converteu o último gol para celar o 5-0 aos 81 minutos, credenciando o clube “Millonario” para comemorar um novo título.

Com a Supercopa, Marcelo Gallardo continua ampliando sua vantagem como o treinador mais vencedor da história do River: desde que assumiu em 2014, já conquistou 12 títulos. Quem o segue na lista é Ramón Díaz, com 9 conquistas. Além disso, “el Muñeco” almeja se tornar o homem com mais títulos da história do clube, e não está longe: além desses 12 títulos, ele tem mais 8 como jogador, portanto está a apenas 2 de distância de recuperar o atraso contra Ángel Labruna, que tem 22 conquistas (16 como jogador e 6 como treinador). E como se não bastasse, também está muito perto de se tornar o treinador mais vencedor da história do futebol argentino: com 13 títulos (também ganhou um pelo Nacional de Uruguai) está a 2 de empatar com Carlos Bianchi (15) e a 3 de Helenio Herrera (16).

Copa de la Liga Profesional

Grupo A

Tabela de classificação do Grupo A do campeonato argentino

Colón venceu em casa e segue liderando com 100% de aproveitamento, embora desta vez tenha sofrido um pouco mais contra o Aldosivi de Fernando Gago. No primeiro tempo, quando a visita dominava o jogo, Alexis Castro fez o 1 a 0 para o líder. No entanto, Aldosivi com Grahl empatou o jogo com um gol de cobrança de falta. No segundo tempo, o jogo permaneceu empatado até que, a quatro minutos do final, a “Pulga” Rodríguez, na cobrança de pênalti, deu a vitória ao Colón.

Na segunda posição do grupo está o Estudiantes, que protagonizou mais uma das grandes goleadas da rodada: venceu o Arsenal por 5 a 0. O primeiro tempo foi equilibrado, apesar do Estudiantes ter marcado dois gols antes dos 20 minutos, mas na última jogada do primeiro tempo, o time de La Plata fez 3 a 0 e no segundo tempo sobrou em campo, para vencer por 5-0..

O Central de Córdoba segue, surpreendentemente, nas primeiras posições do torneio apesar de não ter conseguido somar três pontos na última rodada, já que empatou em 1 a 1 com o Banfield em uma partida par sem muitas emoções. Godoy Cruz também aparece nas primeiras posições depois de ter vencido com justiça o Platense por 3 a 1, com dois gols nos últimos cinco minutos.

O River Plate fez a última partida da rodada em casa na esperança de ficar a três pontos do líder, mas o Argentinos Juniors surpreendeu e conquistou a sua primeira vitória no torneio com um gol no último minuto da partida. Embora o time de Gallardo tenha tido algumas oportunidades claras e não tenha sido marcado um penalti claro a seu favor, o visitante teve grande atuação defensiva que impediu os “Milionários” de jogar como está habituado.

Por outro lado, o outro finalista da Supercopa Argentina se recuperou do duro golpe sofrido naquela partida e também venceu pela primeira vez na copa: o Racing venceu o Rosario Central por 1 a 0 em uma partida que, embora tenha sido muito chata , teve a equipe de Pizzi como dominador.

Jogo entre grupos: San Lorenzo 1-1 Huracán

O jogo entre grupos da rodada aconteceu no ultimo dia 4 e foi o clássico entre San Lorenzo e Huracán. Nenhuma das equipes chegou de forma positiva, mas fizeram uma partida muito interessante. O jogo foi equilibrado, com um San Lorenzo irregular que às vezes joga bem e às vezes joga muito mal. Essa falta de consistência foi o que não permitiu ao “Ciclón” manter a vitória parcial que chegou pelas mãos de Di Santo após um grave erro de Lozano aos 31 minutos. Na etapa complementar, o “Globo” empatou a 20 minutos do final com um gol de cabeça de Cristaldo e esteve perto de ganhar, mas não foi eficiente na finalização.

Grupo B

Tabela de classificação do Grupo B do campeonato argentino

Vélez Sarsfield chegou na 4ª rodada como líder do Grupo B da Copa da Liga Profissional, mas foi parado pelo Boca Juniors com um golpe muito duro: goleada por 7-1 em seu próprio campo. A equipe de Miguel Ángel Russo vinha de jogos muito ruins e por isso ninguém esperava um resultado com esta dimensão. O clube “Xeneize” foi para o intervalo vencendo por 2 a 1, em um jogo equilibrado. No entanto, com uma atuação destacada dos colombianos Cardona e Villa, o Boca aproveitou a má postura da defesa do “Fortín” e marcou cinco gols que selaram a histórica vitória e o deixaram um ponto atrás dos líderes.

Com a derrota do Vélez, Lanús e Independiente aproveitaram e subiram para a ponta da tabela. O clube “Granate”, depois de ter sido superado em todos os aspectos no primeiro tempo e estar perdendo por 1-0, mudou sua atitude e melhorou no segundo tempo, o que lhe permitiu virar o jogo e conquistar uma grande vitória com direito a um golaço no último minuto da partida, frente o Atlético Tucumán, decretando o placar final de 2-1. O “Rojo”, por sua vez, visitou Newell’s Old Boys na primeira partida da rodada e, graças ao fato de ter aproveitado muito bem os erros defensivos do adversário, em meia hora de jogo já estava vencendo 2-0. Apesar do time de Rosário descontar no segundo tempo, isso não foi um problema para um Independente que melhorou seu desempenho em relação aos jogos anteriores.

Em segundo lugar, junto com o Boca, aparece o Union que, apesar de não ter jogado bem, fez o suficiente para vencer o Patronato por 1-0. “El Patrón”, por sua vez, continua em último lugar sem poder somar pontos e sem marcar gols até o momento no torneio.

Gimnasia e Defensa y Justicia empataram em uma das partidas mais interessantes da rodada. Foi um jogo de ida e volta, em que as duas equipes criaram muitas situações claras de gols, e placar final de 1 a 1 não refletiu o que aconteceu na partida, já que poderiam ter marcado muitos mais gols. Além disso, o recém-promovido Sarmiento esteve muito perto de vencer seu primeiro jogo desde seu retorno à Primeira Divisão, mas um erro de seu goleiro a cinco minutos do final deu o empate ao Talleres, que embora tenha dominado no primeiro tempo, no segundo não soube criar muitas oportunidades.

Partidas destacadas da 5ª rodada da Copa da Liga Profissional

O jogo mais importante da próxima rodada é, sem dúvida, o Superclásico. O país estará mais uma vez dividido no próximo domingo, 14 de março, quando o Boca Juniors recebe o River Plate às 18h de Buenos Aires, na partida mais esperada do torneio. O encontro certamente terá um River com a posse de bola quase toda a partida, com um Boca esperando em seu próprio campo e apostando nos contra-ataques. Com certeza será um jogo com muitas emoções.

Outra partida marcante será disputada no sábado, 13 de março, quando o líder do grupo A, Colón, visitará o Estudiantes, sua sombra, às 21h30.

Copa Argentina

Como de costume, a Copa Argentina continua nos deixando jogos emocionantes e cheios de surpresas.

Na semana passada, Talleres e Atlético de Rafaela (segunda divisão) empataram em 0-0. Nos pênaltis, parecia que nenhum dos dois queria avançar para a seguinte fase: foram necessárias nove cobranças para cada um, até que finalmente o Talleres avançou para a fase 16ª.

Por outro lado, o Defensa y Justicia venceu o Estudiantes de Buenos Aires (segunda divisão) por 1 a 0 e também entrou no top 32.

A partida mais marcante foi a que enfrentou o Boca Juniors com o Claypole (quarta divisão). Embora se esperasse que o último campeão da primeira divisão avançasse sem problemas, não foi bem assim. O modesto Claypole teve várias chances claras de gol para levar o jogo aos pênaltis, mas não conseguiu ser eficiente e perdeu por apenas 2 x 1.

Nesta quarta-feira, 10 de março, serão disputadas três das quatro partidas que faltam para a 32ª final: Às 17h10, o Banfield enfrenta o Atlético Güemes (segunda divisão), às 19h20 o Atlético Tucumán enfrenta o Comunicaciones (terceira divisão), e às 21h30 o Independiente colidirá com Villa Mitre (terceira divisão).

Copa Libertadores Femenina: Boca Juniors encaminhado e River Plate busca sua primeira vitoria

Depois de começar com um empate amargo contra o Santiago Morning (Chile), o Boca Juniors se recuperou e goleou o Deportivo Trópico (Bolívia) por 10-1, garantindo assim a sua classificação para as quartas de final. Na próxima quinta-feira, 11 de março, ele enfrentará o Kindermann (Brasil) em busca da primeira colocação do grupo.

O outro representante argentino no torneio máximo continental é o River Plate, que iniciou sua trajetória nesta competição da mesma forma que seu clássico rival: com um empate em 0 a 0 no qual mereceu mais contra o Sol de América (Paraguai). Agora, ele joga na terça-feira, 9 de março, contra um rival duro como o Independiente Santa Fe (Colômbia) e na sexta-feira, 12 de março, contra o Atlético SC (Venezuela), naquela que será a partida decisiva para a busca pela classificação para as quartas de final.

Jogos do futebol argentino na semana