Regulamento do Campeonato Argentino (Primeira A)

Regulamento do campeonato argentino

Bagunça é uma excelente palavra para definir o campeonato argentino. A competição muda de fórmula constantemente e é um desafio tratar de explicar o inexplicável.

Nesse momento (e não se sabe até quando), o objetivo do futebol argentino é chegar a uma primeira divisão com 20 clubes. Atualmente são 24. Por isso, até 2024, o campeonato terá 3 clubes rebaixados e apenas 2 promovidos. Em virtude da pandemia com o Covid-19, o campeonato argentino da temporada 2019/2020 não rebaixou nenhuma das equipes.

Entre as temporadas 1990/1991 até 2011/2012 o campeonato argentino era disputado em duas edições cada temporada, com o apertura e o clausura. Desde a temporada 2012/2013, passou a ser uma unica edição, disputada de julho a março. No entanto, para a temporada 2020/2021 está previsto o regresso do Apertura e Clausura, ficando o calendario de julho a dezembro para o Apertura e de janeiro a junho, o Clausura.

As 24 equipes se enfrentam no sistema de todos contra todos em jogos só de ida, totalizando 23 rodadas. A equipe que somar mais pontos é declarada campeã. Importante aqui observar que para ser campeão, é necessária uma superação em pontos. Não é considerado o saldo de gols ou número de vitórias como critério de desempate para disputa do título (veja critérios de desempate para entender melhor).

Rebaixamento

O sistema de rebaixamento utiliza a média de pontos dos últimos 3 anos. As duas equipes com as piores médias são rebaixadas para segunda divisão no ano seguinte. A equipe que tiver a terceira pior média de pontos, disputará um jogo de acesso com o vice-campeão do torneio de promoção da segunda divisão.

Critérios de desempate

Os criterios de desempate do campeonato argentino são uma verdadeira salada de frutas. São diferentes para cada situação, mas vamos explicar tudo por aqui.

Empate em pontos para título ou rebaixamento (entre 2 equipes):

  • Jogo extra a ser disputado em campo neutro, em até 72 horas depois da finalização da competição.
  • Em caso de empate neste jogo extra, prorrogação e penaltis.

Empate em pontos para título ou rebaixamento (mais de 2 equipes):

  • Todas as equipes empatadas em pontos realizarão um “torneio extra”, todos contra todos, partidas em campos neutros, e a equipe que somar mais pontos será vencedora.
  • Em caso de empate em pontos no torneio extra, o desempate se dará da seguinte maneira:
    • Saldo de gols no torneio extra.
    • Maior número de gols marcados no torneio extra.
  • Ainda assim, permanecendo a igualdade, se repete o procedimento, quantas vezes seja necessário.

Empate entre equipes que disputam vaga na Libertadores ou Copa Sul Americana:

  • Saldo de gols.
  • Maior número de gols marcados.

Vagas para a Copa Libertadores da América 

A Argentina tem direito a 6 vagas na Copa Libertadores, sendo 5 vagas diretas a fase de Grupos e uma vaga adicional na fase 2 da competição.

Vaga direta: os campeões do campeonato argentino, da copa da Superliga e da Copa da Argentina tem vaga direta na fase de grupos. As outras duas vagas são determinadas por uma tabela que soma o campeonato argentino e a copa da Superliga.

Vaga Pré-Libertadores: a terceira equipe com mais pontos na soma do campeonato argentino e da copa da superliga fica com a vaga na fase 2.

Vagas para a Copa Sul-americana 

A Argentina tem 6 vagas diretas na primeira fase da competição. Estas vagas vão para os 6 melhores colocados na soma do campeonato argentino e copa da superliga, que não tenham obtido vaga para a Copa Libertadores.