Terceiro lugar mas poderiam mais – Diário da Copa dia 24

Por | 2018-09-13T02:51:51+00:00 14/07/2018|

A vitória de hoje na decisão do terceiro lugar confirmou o consistente futebol apresentado pela seleção belga durante toda a Copa do Mundo. Após uma primeira fase sem sustos e de partidas vistosas, a equipe de Hazard, De Bruyne e companhia mostrou grande poder de superação no confronto de oitavas de final frente ao Japão, ao reverter um placar de 2×0, venceu com autoridade o Brasil nas quartas de final e só parou nas semi finais vendendo caro uma derrota para a Seleção Francesa.

Termina a copa com o terceiro lugar vencendo a Inglaterra e apresentando um futebol muito bonito, deixando muitos com a sensação de que a tão falada “geração belga” poderia e merecia ostentar o título de melhor seleção do mundo pelos próximos quatro anos.

Durante toda a Copa do Mundo registraremos os fatos relevantes do dia, e a expectativa para os próximos jogos, dando a nossa leitura sobre o andamento do maior evento de futebol do planeta.

JOGO DO DIA

Bélgica 2 x 0 Inglaterra

Local: Estádio São Petersburgo (São Petersburgo)
Horário: 11h
Árbitro: Alireza Faghani (Irã)
Público: 64 406
Gol: Meunier 4′ 1T e Hazard 37′ 2T

Jogador da partida

O meia atacante belga Hazard foi o jogador da partida.

DESTAQUES

A França e o tão falado detalhe que influencia o futebol

Justiça seja feita, os Azuis tem todos os méritos por estar na final pois igualmente fizeram uma boa campanha até aqui e ter eliminado uma forte Bélgica só valoriza ainda mais um possível título francês na final de amanhã. Mas talvez a mais equilibrada seleção francesa de todos os tempos poderia ter ficado de fora da final da copa do mundo por detalhes!

Os detalhes (claro que por méritos) do escanteio bem batido por Griezmann, em que Felaini com seus 1,94m não conseguiu interceptar a bola antes da antecipação do zagueiro Umtiti, que após decisivo drible de corpo sobre seu marcador consegue desviar e marcar o gol de cabeça. No detalhe, em um escanteio infeliz, a excelente seleção belga deus adeus à Copa do Mundo.

Hazard sincero

O nome de Eden Hazard tem sido bastante falado na atual janela de transferências europeia, e para substituir nada mais nada menos que Cristiano Ronaldo no Real Madrid. A performance do meia atacante belga na Copa do Mundo certamente fez aumentar o desejo dos merengues em contar com seu futebol para a temporada 2018/2019. Com bons números e atuações convincentes, Hazard chamou a atenção pela sinceridade ao declarar que daria para ele mesmo o prêmio de melhor jogador da copa, mas entende que a premiação ficará com algum jogador presente na final entre França e Croácia.

Centroavantes ausentes

Com exceção do croata Mandzukic, decisivo na semi contra a Inglaterra, a reta final da Copa do Mundo vem sendo marcada pela ausência de gols de centroavantes de que muito se espera. Além da tão falada campanha sem gols de Gabriel Jeus, tivemos jogos de pouco brilho dos principais dianteiros da competição até aqui: Harry Kane e Romelu Lukaku.

Lukaku até participou ativamente na construção de gols decisivos, mas assim como Kane, ficou devendo bastante nas conclusões à gol em suas últimas partidas na Copa da Rússia.

ANÁLISE JOGO DIA 24 – 15/07

FINAL

França x Croácia – 12h

França favorita? Talvez.

Mas final de Copa do Mundo, a partida de maior importância em todo o futebol, merece ser curtida e apreciada sem maiores análises e previsões.

Pena ser a última…

Deixar Um Comentário