CRISTIANO 3 X 3 ESPANHA – DIÁRIO DA COPA DIA 2

Por | 2018-07-07T11:36:15+00:00 15/06/2018|

Cristiano Ronaldo foi o protagonista e mais uma vez assombrou o planeta, mostrando porque é o melhor jogador do mundo. Marcou três vezes na fantástica partida de hoje com a Espanha e tornou-se o quarto jogador na história a marcar em 4 copas do mundo, igualando-se a Pelé.

Durante toda a Copa do Mundo registraremos os fatos relevantes do dia, e a expectativa para os próximos jogos, dando a nossa leitura sobre o andamento do maior evento de futebol do planeta.

JOGOS DO DIA

Grupo A – Rodada 1

Egito 0 x 1 Uruguai

Local: Arena Ecaterimburgo (Ecaterimburgo)
Horário: 9h
Árbitro: Bjorn Kuipers (Holanda)
Público: 27 015
Gol: Giménez, aos 45′ 2T


Grupo B – Rodada 1

Marrocos 0 x 1 Irã

Local: Estádio São Petersburgo (São Petersburgo)
Horário: 12h
Árbitro: Cüynet Çakir (Turquia)
Público: 62 548
Gol: Aziz Bouhaddouz 50′ 2T


Portugal 3 x 3 Espanha

Local: Estádio Olímpico de Fisht (Sochi)
Horário: 15h
Árbitro: Gianluca Rocchi (Itália)
Público: 43 866
Gols: Cristiano Ronaldo 4′ 1T, Diego Costa 24′ 1T, Cristiano Ronaldo 44′ 1T, Diego Costa 10′ 2T, Nacho 13′ 2T e Cristiano Ronaldo 43′ 2T

DESTAQUES

A seleção do Uruguai com muitas dificuldades para vencer a seleção do Egito, mesmo com a ausência de Mohamed Salah, com o atacante Suarez perdendo pelo menos duas grandes oportunidades de gol.

O poderio aéreo da seleção uruguaia, como antecipamos no Diário de ontem, se confirmou com o gol salvador do zagueiro Gimenez, de cabeça, quase ao final da partida.

No segundo jogo do dia, o destaque ficou para o gol contra de Aziz Bouhaddouz, que praticamente no ultimo minuto de jogo decretou a derrota da favorita seleção marroquina.

E finalmente, o tão esperado jogo do dia confirmou e superou todas as expectativas. Espanha e Portugal fizeram o mais belo espetáculo da copa até então e empataram em 3 x 3, com duas grandes atuações que merecem destaque:  Cristiano Ronaldo e Diego Costa.

Cristiano Ronaldo fez o hat-trick e de quebra, tornou-se o quarto jogador na história do futebol a marcar gols em quatro copas do mundo. E não foi só isso, com os 3 gols marcados hoje, o português tornou-se o segundo jogador com mais gols marcados em seleções, empatado com Puskas com 84 gols. Cristiano Ronaldo mais uma vez mostrou ao mundo que faz jus a condição de melhor jogador do mundo.

Diego Costa por sua vez, mostrou toda sua capacidade de decisão e frieza. Foi um jogador combativo, brigador, que aliando força e técnica marcou 2 gols e que conduziu a Espanha para uma grande atuação na estreia do seu novo treinador, Fernando Hierro.

JOGOS DIA 3 – 16/06

França x Austrália – Arena Kazan (Kazan) – 7h

A França chega a copa no seleto grupo das favoritas, junto com seu elenco de estrelas como Mbappe, Pogba, Kanté, Matuidi, Griezmann e Giroud. Tem no contra ataque rápido o seu ponto forte, e mesmo tendo enfrentado dificuldades no ultimo amistoso preparatório a Copa (empate em 1 x 1 com USA), a França deve confirmar seu favoritismo e vencer a Austrália no jogo da estreia.

A Austrália por sua vez, vem para sua quarta copa consecutiva, mas teve muitas dificuldades para obter a sua vaga. Tem uma defesa frágil que sofreu gols na grande maioria dos jogos em 2017, mas vem de boa vitória no ultimo amistoso preparatório da copa, onde venceu a Hungria pelo placar de 2 x 1.

Argentina x Islândia – Arena Otkrytie (Moscou) – 10h

A Argentina, vice-campeã da ultima copa, chega ao mundial depois de sofrer – e muito – nas eliminatórias sul americanas, obtendo a sua classificação apenas na ultima rodada. Classificada para a copa, a Argentina fez um amistoso contra a Italia onde venceu pelo placar de 2 x 0. Mas na mesma semana enfrentou a Espanha e levou uma goleada histórica, perdendo a partida pelo placar de 6 x 1, deixando os argentinos aterrados com sua seleção. E na sequencia, fez um único amistoso final para a copa, contra o modesto Haiti, onde venceu por 4 x 0 depois de também sofrer muito no primeiro tempo, onde marcou um gol apenas de pênalti, cobrança de Leonel Messi.

Mas a boa noticia para os torcedores argentinos é o seu adversário. A Islândia desde janeiro não vence nenhuma partida e, pelo menos na teoria, não deve impor nenhuma resistência a seleção celeste e branca. O pequeno país, de apenas 319 mil habitantes vem para a sua primeira copa do mundo e tem no meia Gylfi Sigurðsson, jogador do Everton, sua principal estrela. Sigurðsson lesionou-se no joelho em março, mas está recuperado e é o grande nome da seleção da Islândia.

Peru x Dinamarca – Arena Mordovia (Saransk) – 13h

O Peru está de volta a uma copa do mundo depois de 36 anos de ausência. O país está em festa e o clima é de extremo otimismo para esse mundial. Também pudera, depois de garantir a vaga contra a Nova Zelândia, o Peru fez 5 amistosos preparatórios e não perdeu nenhum. Foram 4 vitorias (contra Croácia, Islândia, Escócia e Arábia Saudita) e 1 empate (contra Suécia). O Peru explora muito os lados do campo, com laterais que avançam bastante, acompanhando os volantes praticamente em linha. E usa muito do recurso do chute a media distancia, tendo marcado vários gols em chutes de fora da área.

A Dinamaquina, como era conhecida nos anos 80, chega a copa do mundo depois de eliminar a Irlanda na repescagem com uma goleada de 5 x 1. A seleção, que no ultimo amistoso preparatório para a copa, venceu a seleção do Mexico pelo placar de 2 x 0 tem na defesa o seu ponto forte, uma vez que durante as eliminatórias conseguiu passar a metade dos jogos sem sofrer gols. Ao mesmo tempo, é uma seleção que busca muito a aproximação dos seus jogadores, com passes curtos e precisos, tendo um índice de passes certos elevado, de 86%. E todas as esperanças dinamarquesas estão postas sobre Christian Eriksen, meia do Tottenham, talvez a única estrela do elenco e principal responsável por levar a seleção a copa.

Expectativa de um bom jogo de futebol, com um resultado bastante imprevisível.

Croacia x Nigeria – Estádio de Kaliningrado (Kaliningrado) – 16h

A seleção da Croácia, criticada em seu país por jogar um futebol de resultados, chega ao mundial depois de uma gangorra nos amistosos finais preparatórios para o mundial: vitória contra Senegal, derrota para o Brasil, vitória contra o Mexico e derrota para o Peru.

A seleção é formada por craques em importantes clubes do futebol europeu, como Modric e Kovacic, meias do Real Madrid, Raktick, meia do Barcelona e os atacantes Mandzukic, da Juventus e Perisc, da Inter de Milão. Um time com esse calibre do meio para frente deveria ter resultados mais regulares e a gangorra preocupa.

Do outro lado, uma Nigéria que foi goleada na final da Copa das nações africanas, onde perdeu para o Marrocos pelo placar de 4 x 0 e que nos amistosos preparatórios para o mundial venceu apenas a Polônia, perdendo para a Servia, Atlético de Madrid, Inglaterra e Republica Checa e empatando com Republica Democrática do Congo. Tem em Victor Moses, atacante do Chelsea e Alex Iwob, atacante do Arsenal, suas principais estrelas.

Deixar Um Comentário