Início » Competições » Guia da Copa Libertadores 2021

Guia da Copa Libertadores 2021

Guia da Copa Libertadores 2021

A Copa Libertadores da América é a competição mais importante do nosso continente. Por isso, o Leitura de Jogo disponibiliza uma área exclusiva para acompanhar a competição, centralizando em um único lugar, tudo o que você precisa saber, não apenas da competição vigente, mas também da história, jogadores históricos, clubes e curiosidades.

Pagina Oficial da Copa Libertadores da América do Leitura de Jogo

Mas falando desta edição, a Copa Libertadores da América de 2021 chega a sua fase de grupos e a bola começou a rolar na terça-feira, dia 20 de Abril. A fase de grupos terminará no dia 27 de Maio, ou seja, terá pouco mais que 1 mês de duração. Depois, a competição terá aproximadamente 1 mês e meio de recesso para a realização da Copa América, retornando dia 13 de Julho para os jogos das oitavas de final e terminará no dia 20 de novembro de 2021, em sede ainda por definir.

Direto ao ponto: ocultar

A fase da Pre Libertadores

A Pre Libertadores, também conhecida como Fases 1, 2 e 3 da competição, iniciou-se no dia 23 de fevereiro e terminou no dia 15 de abril, trazendo 4 clubes que se somaram aos 28 já classificados de maneira direta a fase de grupos.

As equipes que chegaram por esse caminho foram: Santos (BRA), Junior de Barranquilla (COL), Independiente del Valle (EQU) e o Atlético Nacional (COL).

Você pode saber tudo sobre fase em nosso artigo da Pre Libertadores.

Fase de Grupos

A fase de grupos da Copa Libertadores da América mantém a tradicional fórmula, com 8 chaves de 4 clubes cada uma, onde os 2 primeiros colocados avançam para as oitavas de final da competição e o terceiro colocado garante uma vaga nas oitavas de final da Copa Sul Americana.

Confira os grupos e como chegam as equipes para essa fase da competição.

Grupo A

Clubes do Grupo A da Copa Libertadores 2021

O grupo A tem tudo para ser muito disputado. Se por um lado o Palmeiras aparece como favorito para avançar, os adversários tem mostrado força no futebol do continente e não devem dar vida fácil ao clube alvi-verde.

A aposta é de que avancem Palmeiras e Defensa y Justicia, com o Independiente del Valle brigando forte por uma vaga e o Universitario do Peru tratando de roubar pontos dos adversarios, para quem saber ficar com a vaga da Sul Americana.

Palmeiras (BRA)

O Palmeiras classificou-se como o grande campeão da Copa Libertadores 2020, depois de superar o arqui-rival Santos, na final no Maracanã, vencendo o jogo por 1 x 0, com gol de Breno Lopes, já nos acréscimos.

Gol de Breno Lopes que deu o título da libertadores 2020 ao Palmeiras

Embora o Palmeiras chegue como favorito para avançar neste grupo, e certamente como um dos favoritos para a conquista do título, o clube comandado por Abel precisa retomar parte da confiança, perdida no mau desempenho no mundial de clubes. Recentemente, o clube alvi-verde ainda perdeu dois títulos na arrancada da temporada 2021: perdeu o título da Recopa Sul Americana para o Defensa y Justicia (ARG) e o título de Supercampeão do Brasil, contra o Flamengo, ambos nas cobranças de penalidades máximas.

No entanto, o Palmeiras mantem o elenco campeão e os principais destaques na vitoriosa campanha da edição anterior: o goleiro Weverton, o lateral Viña, o zagueiro Gustavo Gomez, o meia Raphael Veiga e os atacantes Rony e Luiz Adriano. Também os “Gabrieis”, Gabriel Menino e Gabriel Veron foram destaques na conquista e estarão na disputa do título em 2021.

Defensa y Justicia (ARG)

Desde o seu ascenso a primeira divisão do futebol argentino, na temporada 2013/14, o Defensa y Justicia vem consolidando seu espaço, não apenas no futebol do país, como também, no continente. Depois de ser vice-campeão argentino na temporada 2018/19, o time sagrou-se campeão da Copa Sul Americana em 2020 e a poucos dias, realizou a façanha de vencer o Palmeiras na final da Recopa e conquistar seu segundo título continental.

Lanús vs. Defensa y Justicia [0-3] | RESUMEN COMPLETO | DEFENSA CAMPEÓN | CONMEBOL Sudamericana

E embora esta seja apenas a sua segunda participação na história da Copa Libertadores, o time comandado por Sebastián Beccacece vem forte para brigar por uma vaga nas oitavas de final, e promete ser uma dor de cabeça para todos os adversários do grupo.

Os destaques do time são o lateral Marcelo Benitez, o meia Enzo Fernández e os atacantes Walter Bou e Braian Romero, responsáveis por buscar os gols que possam levar o Defensa a fazer história mais uma vez.

Universitário de Deportes (PER)

Talvez você não saiba, mas o Universitário de Deportes do Peru já foi vice-campeão da Copa Libertadores. A façanha foi alcançada em 1972, quando o clube peruano perdeu a final contra o Independiente da Argentina. Além disso, o Universitário é o segundo clube peruano com mais participações na história da Libertadores, com 32 no total, superando o Alianza Lima que tem 27 participações e ficando atrás apenas do Sporting Cristal, com 36. O clube é ainda 26 vezes campeão peruano, tendo conquistado seu último título em 2013.

Final Libertadores 1972: Independiente vs Universitario

Para essa edição, o clube peruano chegou direto a fase de grupos da Copa Libertadores 2021 depois da conquista do vice-campeonato peruano em 2020. Os destaques do time para essa temporada são o meia uruguaio Hernán Novick, que foi tricampeão nacional pelo Peñarol e o atacante Alex Valera, recentemente convocado para a seleção peruana, mas que acabou sendo cortado por contaminação de Covid.

Independiente del Valle (EQU)

Apenas quem não acompanha futebol e a evolução de algumas equipes sul americanas, se surpreende com mais uma participação do Independiente del Valle na Copa Libertadores. Desde a sua primeira classificação a competição, no ano de 2014, o clube vem sendo figura presente no torneio mais importante do continente, pelo menos nas fases de pre-libertadores, tendo ficando de fora apenas em 2019, ano em que disputou a Copa Sul Americana e acabou como campeão da competição.

E o clube equatoriano não costuma vir apenas “figurar” na competição. Em 2016 foi vice-campeão da Libertadores, perdendo o título para o Atlético Nacional da Colombia. E em 2020, chegou até as oitavas de final da competição.

Nesta edição chegou ao Grupo A, depois de eliminar o Unión Española (Chile) e um tricampeão da Libertadores, o Grêmio, deixando o tricolor gaúcho de fora da fase de grupos da Libertadores pela primeira vez desde 2015.

https://www.youtube.com/watch?v=ZOgj6aH_qB0

Curiosidades do Grupo A

  • Como aconteceu em 2020, com Flamengo e Independiente del Valle, a Copa Libertadores de 2021 também terá no Grupo A os dois finalistas da Recopa Sul Americana, desta vez com Palmeiras e Defensa y Justicia.
  • O Palmeiras é o clube brasileiro com mais gols marcados em toda a história da Copa Libertadores, com 363 gols no total.

Grupo B

Clubes do Grupo B da Copa Libertadores 2021

No grupo B, o favoritismo total e absoluto é do Internacional, para avançar com a primeira colocação da chave, seguido do Olimpia do Paraguai, quem deveria ficar com a segunda vaga. No entanto, o venezuelano Deportivo Táchira e o boliviano Allways Ready tem suas armas para enfrentar os dois tradicionais sul americanos e estragar a festa de ambos.

Olímpia (PAR)

O Olimpia do Paraguai é tricampeão da Copa Libertadores, títulos conquistados nas temporadas 1979, 1990 e 2002, além de 4 vice-campeonatos: 1960, 1989, 1991 e 2013. Se não é suficiente para comprovar a tradição do clube paraguaio, ele é o terceiro clube da história, com mais participações na competição, atrás apenas dos uruguaios Nacional e Peñarol, somando 43 participações.

O Olimpia classificou-se para a Copa Libertadores ao conquistar o Torneio Clausura em 2020, título este conquistado nos penaltis contra o Guarani, depois de um empate em 2 x 2 no tempo normal da decisão.

Desde a chegada na final da Libertadores, em 2013, o Olimpia não passa da fase oitavas de final, e buscará, nesta edição, voltar a competir em grande nível. Para isso, o clube mescla a juventude de Diego Torres, de apenas 18 anos a experiencia de Roque Santa Cruz (ele mesmo), que ao seus 39 anos ainda disputará mais uma Copa Libertadores.

Internacional (BRA)

O Internacional chega na Copa Libertadores da América diretamente a fase de grupos, depois de ficar com o vice-campeonato brasileiro em 2020. O clube esteve muito perto (muito perto mesmo) de conquistar o Brasileirão depois de 41 anos sem ganhar a competição mais importante do país. Faltou apenas 1 gol na ultima rodada e o colorado conquistaria a competição.

Para conduzir a equipe nesta edição da Libertadores, o Internacional trouxe o espanhol Miguel Angel Ramírez, que fez grande trabalho no Independiente del Valle, levando o clube equatoriano a conquista inédita da Copa Sul Americana.

Miguel Ángel Ramírez ● Bem-Vindo ao Internacional ● Técnica e Tática | HD

Como reforços, o Internacional repatriou o atacante Taison, depois de 8 anos no Shajtar Donetsk, da Ucrania. Junto com o zagueiro Victor Cuesta, o meia Rodrigo Dourado, o experiente atacante Paolo Guerrero e jovens promessas como Yuri Alberto, o clube colorado vai em busca do tri da Libertadores, paga igualar-se ao seu arqui-rival, o Grêmio.

Deportivo Táchira (VEN)

O Deportivo Táchira chega a fase de grupos da Copa Libertadores vice-campeão da Venezuela em 2020 e esta será sua 23ª participação na competição mais importante do continente. O clube venezuelano fez a sua melhor apresentação no torneio em 2004, quando chegou até a fase de quartas-de-final, sendo eliminado pelo São Paulo.

Dirigido pelo venezuelano Juan Domingo Tolisano, a aposta do time venezuelano é o experiente atacante argentino, Lucas Gómez, de 33 anos, quem tem a missão de levar o clube a algo maior na competição.

Always Ready (BOL)

O Always Ready voltou para a primeira divisão da Bolívia no ano de 2019, depois de 28 anos de ausência. E já em 2020, conseguiu a façanha de conquistar o seu primeiro título nacional da história, ao ficar 1 ponto a frente do The Strongest, vencendo o Nacional Potosí por 2 x 0, fora de casa, na ultima rodada do campeonato.

Esta será apenas a segunda participação do clube na Copa Libertadores, sendo que a primeira foi no distante ano de 1968, onde perdeu 5 jogos e empatou apenas 1, ficando em ultimo lugar no seu grupo.

O time comandado pelo argentino Omar Assad, tem como destaque o atacante Juan Carlos Arce, da seleção boliviana. No entanto, a grande arma do clube boliviano sem dúvidas, sera a altitude, seja no seu estádio a 4090 metros acima do mar ou mesmo jogando em La Paz, a 3600 metros, o clube boliviano tentará fazer valer a sua maior força.

Jugar al fútbol a 4.000 metros de altitud en Bolivia

Curiosidades do Grupo B

  • O Estadio Municipal de El Alto, do Always Ready está localizado na cidade de El Alto, e fica a uma altitude de 4090 metros acima do nível do mar, sendo assim, o estádio a maior altitude, no mundo.
  • Olimpia e Internacional fizeram a semifinal da Copa Libertadores de 1989. O Inter venceu a partida de ida em Assunção por 1 x 0, com um golaço de bicicleta do meia Luis Fernando. No jogo da volta, o Olímpia venceu por 3 x 2 no Beira Rio e avançou para a decisão, pelas cobranças de penalidades.

Grupo C

Clubes do Grupo C da Copa Libertadores 2021

O Grupo C tem tudo para ser um dos mais equilibrados da competição. Os tradicionais Boca Juniors e Santos precisarão superar os sempre complicados Barcelona de Guayaquil e o The Strongest da Bolívia, para confirmar seu favoritismo e avançar a fase de oitavas.

Boca Juniors (ARG)

O grande Boca Juniors da Argentina chegou a essa edição da Copa Libertadores como campeão da Superliga Argentina 2019-20. E as últimas três participações do clube argentino na competição, indicam que é preciso respeitar e muito o clube “bostero”: finalista em 2018 e semifinalista em 2019 e 2020. Dono de 6 títulos da Libertadores, (1977, 1978, 2000, 2001, 2003, 2007), o clube Xeneize quer o heptacampeonato, para igualar-se ao Independiente, maior campeão da história, com 7 títulos.

Sob o comando de Miguel Angel Russo e com estrelas como Carlos Izquierdoz, Edwin Cardona e Carlos Tévez, o Boca Juniors vem forte para ser um adversário duro na competição. Some-se as estrelas, jovens promessas como Alan Varela e Cristian Medina, nomes para estar atentos nesta edição da Libertadores.

Barcelona SC (EQU)

O Barcelona de Guayaquil chega para sua terceira Copa Libertadores consecutiva e sua 29ª participação na competição, onde já chegou duas vezes na decisão, ficando com o vice-campeonato em 1990 e 1998. O clube chegou a Libertadores pelo título de campeão equatoriano em 2020.

Así celebro ECUADOR (BARCELONA SC CAMPEÓN 2020) LigaPro (Liga vs Barcelona) 29/12/2020

Para fazer história na Copa Libertadores, o time comandado pelo argentino Fábian Bustos conta com dois meias argentinos, Matías Oyola, principal destaque da equipe e Damián Díaz e com o selecionável lateral equatoriano Pedro Pablo Velasco. Juntos, vão fazer frente as multicampeões Boca Juniors e Santos, buscando uma vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores.

The Strongest (BOL)

O vice-campeão boliviano de 2020 é um tradicional participante da Copa Libertadores, pelo menos nos últimos anos. O clube tem se classificado de maneira consecutiva para a disputa desde o ano de 2012. No entanto, nunca passou além de uma fase de oitavas de final, o que conseguiu em três ocasiões: 1994, 2014 e 2017.

Para superar o difícil grupo que tem pela frente, o time conta com o atacante colombiano Jair Reinoso e o brasileiro Willie, ex-CRB, Vitória e Vasco. Destaque também para o veterano goleiro, Daniel Vaca, de 42 anos, titular da equipe.

Santos (BRA)

Vice-campeão da Copa Libertadores de 2020, o clube santista precisou da fase de Pré Libertadores para chegar a fase de grupos da competição. Com isso, o tricampeão da América (1962 , 1963 e 2011) perdeu a chance de ser cabeça de chave e no sorteio foi “premiado” com o grupo do Boca Juniors.

O Santos, assim como Palmeiras, São Paulo e Internacional, apostou em um treinador estrangeiro para a disputa do torneio e trouxe o argentino Ariel Holan, que comandará o time, que tem como destaques os atacantes Marinho e Soteldo, e o meia Carlos Sanchez.

https://www.youtube.com/watch?v=EH2oXqMv6hg

Curiosidades do Grupo C

  • O Santos leva vantagem sobre o Boca Juniors na história dos confrontos. Em 14 jogos, são 7 vitórias do clube santista, 3 empates e 4 vitórias do Boca Juniors. O Boca no entanto, venceu o Santos na final da Libertadores disputada entre os dois clubes, em 2003.
  • O Grupo C é a chave com mais títulos da Libertadores, somando os clubes do grupo. Boca com 6 e Santos com 3, somam 9 títulos da competição.

Grupo D

Clubes do Grupo D da Copa Libertadores 2021

No Grupo D, a expectativa é de um River Plate liderando a chave e três equipes brigando pela segunda vaga: Fluminense, Independiente Santa Fé e Junior de Barranquilla.

River Plate (ARG)

Cabeça de chave do Grupo D, o River Plate é tetracampeão da Copa Libertadores da América, títulos conquistados em 1986, 1996, 2015 e 2018. Desde 2017, o clube “millonário” chega pelo menos na semifinal da competição mais difícil do continente e em todas elas, seu comandante foi o mesmo: Marcelo Gallardo.

Comandando a equipe desde 2014, Marcelo Gallardo conquistou tudo: 3 Copas Argentinas, 2 Supercopas Argentina, uma Copa Sul Americana, 2 Copas Libertadores e 2 Recopas Sul Americanas. É, sem dúvida nenhuma, o grande nome de um River Plate que vem pisando forte na América nos últimos anos.

TODOS LOS TÍTULOS DE GALLARDO EN RIVER (2014 – 2019)

As principais armas do clube porteño também são bastante conhecidas: no setor defensivo Fabrizio Angileri e Milton Casco, na meia Enzo Pérez e no ataque Matías Suárez, serão muito provavelmente, a espinha dorsal de um River Plate que pretende, novamente, fazer história na competição.

Independiente Santa Fé (COL)

O Independiente Santa Fé, de Bogotá na Colômbia, volta para a Copa Libertadores depois de 2 anos ausência. Esta será a 13ª participação do clube na competição e sua melhor posição até hoje, foi a fase semifinal, onde chegou em duas oportunidades: 1961 e 2013. O time classificou-se para esta edição da Copa Libertadores com o vice-campeonato colombiano conquistado em 2020.

O Independiente Santa Fé é um time equilibrado, sem grandes destaques individuais, mas que compensa com muita entrega em campo. Tem obtido bons resultados jogando fora de casa, mas apresenta problemas defensivos importantes. No entanto, tem tudo para ser um adversário complicado no grupo. Os meias Kelvin Osorio e Jhon Arias devem ser os protagonistas do time comandado pelo colombiano Harold Rivera Roa.

Fluminense (BRA)

O Fluminense chega discretamente a Copa Libertadores da América depois de 8 anos ausente na competição. Discretamente, pois a vaga foi obtida com o 5º lugar no campeonato brasileiro. Vale reforçar que esta é apenas a 7ª participação do tradicional clube carioca na competição e sua melhor colocação foi um vice-campeonato, conquistado em 2018, quando Renato Portaluppi comandava a equipe e a LDU de Quito sagrou-se campeã, nas cobranças de penalidade, no Maracanã em uma das finais de Libertadores mais emocionantes da história.

Documentário: Trajetória do Fluminense na Libertadores de 2008.

Comandado por Roger Machado, o tricolor das laranjeiras conta com a experiência dos meias Nene e Ganso e do atacante Fred, além dos novos reforços para esta Libertadores: o meia equatoriano Juan Cazares e o lateral Samuel Xavier, ex-Ceará. Da base vem a grande promessa, o jovem atacante Kayky de apenas 17 anos.

Júnior de Barranquilla (COL)

O Junior de Barranquilla chega para sua 5ª libertadores consecutiva e sua 17ª participação na competição. Chega como 3º colocado da tabela geral de reclassificação do campeonato colombiano. Sua melhor colocação até hoje na Copa Libertadores foi uma semifinal, alcançada em 1994, quando caiu diante do Velez Sarsfield, da Argentina, que seria o campeão naquele ano.

O clube da terra de Shakira é comandado pelo ex-zagueiro Luis Amaranto Perea, ex-Boca, Atlético de Madrid e Cruz Azul do México. Esta será a primeira experiência do jovem treinador comandando uma equipe na Copa Libertadores. Para ir longe, o ex-zagueiro conta com o experiente atacante Téo Gutierrez e Miguel Borja, ex-Palmeiras, além do não menos experiente goleiro Sebastian Viera.

Curiosidades do Grupo D

  • Independiente Santa Fé e Junior de Barranquilla, além de ficar na mesma chave da Copa Libertadores, se enfrentarão nas quartas-de-final do campeonato colombiano. As partidas estão marcadas para os dias 25 de Abril e 01 de Maio.
  • Fluminense e River Plate jamais se enfrentaram pela Copa Libertadores. Os clubes tem apenas 4 confrontos entre si, todos em amistosos ou torneios amadores. O último encontro foi em 1981 e o jogo terminou em 1 x 1, no Maracanã.

Grupo E

Clubes do Grupo E da Copa Libertadores 2021

O grupo E traz dois clubes que, na teoria e pela sua grandeza, são favoritos para avançar: Racing e São Paulo. No entanto, teorias são confirmadas dentro de campo e é o que Racing e São Paulo precisarão fazer frente a Sporting Cristal do Peru e o modesto Rentistas do Uruguai.

São Paulo (BRA)

O São Paulo, tricampeão da Copa Libertadores em 1992, 1993 e 2005, classificou-se para esta edição da competição ao ficar com a 4ª posição do campeonato brasileiro de 2020. No entanto, o clube paulista não conquista um titulo importante (nacional ou continental) desde 2008, o que vem trazendo preocupação na torcida e direção do clube.

Para voltar as conquistas, o São Paulo trouxe o consagrado atacante argentino Hernán Crespo. Mas para o banco de reservas. O argentino assumiu o comando da equipe, e desde então, o time vem em crescimento. Os principais destaques do time são o histórico ex-lateral do Barcelona, Daniel Alves e o atacante Luciano.

HERNÁN CRESPO - SÃO PAULO E GIGANTE

Racing Club (ARG)

O Racing Club foi campeão da Libertadores na longínqua edição de 1967. Desde então, sonha com a conquista de uma Copa Libertadores. Em 2020 chegou nas quartas-de-final, mas acabou caindo diante do Boca Juniors, depois de eliminar o então campeão, Flamengo. Para esta edição, classificou-se como 3º colocado na tabela geral da Argentina, temporada 2019/20.

O time comandado por Juan Antonio Pizzi tem como destaques e linha dorsal do time para a Copa Libertadores o goleiro Gabriel Arias, o zagueiro Leonardo Sigali, o meia Kevin Gutiérrez, e o atacante Enzo Copetti.

Sporting Cristal (PER)

O Sporting Cristal chega a Copa Libertadores como campeão peruano de 2020 e vai disputar a competição pela 36ª vez, sendo o 6º clube do continente, com mais participações no torneio. Sua melhor colocação na história, foi um vice-campeonato, alcançado em 1997, quando foi derrotado pelo Cruzeiro na final.

SPORTING CRISTAL: Campeón 2020 - DOCUMENTAL Histórico

Comandado pelo ex-atacante Roberto Mosquera Vera, o Sporting Cristal tem como destaques o zagueiro Omar Merlo, o volante Horacio Calcaterra e o atacante Washington Corozo.

Rentistas (URU)

O Rentistas conquistou pela primeira vez na sua história o título de campeão do Uruguai da primeira divisão em 2020 e com isso, garantiu sua vaga para a disputa da primeira Copa Libertadores da sua história. Antes, sua única experiência internacional, foi uma participação na Copa Sul Americana, em 2014, quando foi eliminado na primeira fase pelo Cerro Porteño. O Rentistas, é portanto, o mais inexperiente a nivel internacional entre todos os 32 clubes disputando a fase de grupos.

O Rentistas também conta com o treinador mais jovem, entre os 32 clubes participantes. Martin Varini, de apenas 29 anos, será o responsável por conduzir o clube na sua primera experiencia em Copa Libertadores. Os destaques são o goleiro Yonatan Irrazábal zagueiro Damián Malrechauffe.

ENTREVISTA AL DIRECTOR TÉCNICO DE RENTISTAS MARTÍN VARINI.

Curiosidades do Grupo E

  • Conta-se que a origem do nome Rentistas no clube uruguaio nasceu de uma conversa na reunião de fundação do clube. Alguém teria perguntado: “O que vocês farão amanhã?”. E a resposta foi: “Vamos trabalhar, vivemos de renda”. E então, o clube foi batizado como “Rentistas”.
  • Na única participação do Sporting Cristal em uma final de Libertadores, em 1997, o clube peruano eliminou um adversário do grupo nesta libertadores na semifinal do torneio: o Racing. Depois de perder o jogo de ida em Avallenada por 3 x 2, o Sporting venceu no Peru por 4 x 1 e avançou para a decisão contra o Cruzeiro.

Grupo F

Clubes do Grupo F da Copa Libertadores 2021

O Grupo F é talvez, um dos mais equilibrados desta edição da Copa Libertadores da América. Se por um lado Nacional do Uruguai e Atlético Nacional da Colombia somam juntos 5 títulos da Libertadores, o Argentinos Juniors tem uma histórica conquista desta competição, em 1985 e o Universidad Católica é tradicional representante chileno na competição, com 28 participações no total e tem um vice-campeonato, conquistado em 1993. Grupo imprevisível.

Nacional (URU)

O Nacional do Uruguai é tricampeão da Copa Libertadores (1971, 1980, 1988). É também o clube com mais participações na história da competição, com 48 no total. Sempre tradicional, o clube não fica de fora de uma edição da Copa Libertadores desde 1997, embora em 2015 não passou da pre-libertadores. No entanto, desde 2009 o clube não chega a uma semifinal de Libertadores, e sua última final foi em 1988, na sua ultima conquista de título.

O clube é comandado por Alejandro Cappuccio, quem depois de conquistar o título de campeão uruguaio comandando o Rentistas, foi contratado pelo maior clube do país. O grande nome da equipe para esta disputa é o ex-colorado Andres D’Alesandro, quem disputará sua primeira Libertadores pelo clube uruguaio.

🇺🇾 Fue presentado Andrés D'Alessandro en Nacional ' Me ofrecieron varios lados pero elegí Nacional'

Universidad Católica (CHI)

Universidade Católica chega como campeão chileno de 2020, ficando 8 pontos a frente do vice-campeão, o Union La Calera. Esta será a sua 28ª participação na competição e nas duas últimas, em 2019 e 2020 não avançou além da fase de grupos.

Para mudar a história, o clube chileno tem no comando da equipe o uruguaio Gustavo Poyet, que assumiu a equipe em fevereiro deste ano e fará sua primeira Copa Libertadores como treinador. Os destaques da equipe são o atacante Fernando Zampedri e o meia Luciano Aued.

Argentinos Juniors (ARG)

O Argentino Juniors tem uma história curta, mas curiosa, na Copa Libertadores da América. Esta será apenas a sua 4ª participação na competição, mas na primeira que disputou em 1985, o Argentinos sagrou-se campeão, vencendo o América de Cali na decisão. Na segunda participação, no ano seguinte, chegou até as semifinais. Ficou então sem participar da Libertadores até 2011 quando retornou, mas não passou da fase de grupos. A esta edição, chegou como 4º colocado no campeonato argentino, temporada 2019-20.

Argentinos Campeón Libertadores 1985: Los Globetrotters de la Paternal sorprenden al continente

Exatos 10 anos desde sua última participação na Libertadores, o Argentino Juniors vem comandado por Gabriel Alejandro Milito e tem como destaques o zagueiro Miguel Torrén, os laterais Kevin Mac Allister e Elías Gómez e o atacante Gabriel Hauche.

Atlético Nacional (COL)

O Atlético Nacional é bicampeão da Copa Libertadores, títulos conquistados em 1989 e 2016, e tem no currículo ainda um vice-campeonato, em 1995. Chegou a Copa Libertadores deste ano como 4º colocado na tabela de reclassificação do campeonato colombiano, razão pela qual foi obrigado a disputar a pre-libertadores antes de ingressar a fase de grupos. Nesta fase, eliminou dois clubes paraguaios, o Guarani e o Libertad sendo muito efetivo no ataque, marcando 9 gols em 4 jogos.

O Atlético Nacional é comandado pelo brasileiro naturalizado costarricense, Alexandre Borges Guimarães, que tem como destaques no time, os meias goleadores Jarlan Barrera, Andres Andrade e Baldomero Perlaza, que costumam frequentar muito a área adversária.

Víctor Aristizábal, CONTUNDENTE: "Baldomero #Perlaza es jugador para Selección"

Curiosidades do Grupo F

  • Em 2014, Atlético Nacional da Colombia e Nacional do Uruguai ficaram na mesma chave, o grupo 6. Naquela ocasião, o Atlético Nacional avançou como segundo do grupo, enquanto que o Nacional do Uruguai ficou na lanterna da chave, sendo eliminado. No entanto, o Atlético Nacional terminaria eliminado por outro clube uruguaio, o Defensor Sporting, nas quartas de final.
  • O ultimo confronto entre Atlético Nacional e Universidad Católica pela Copa Libertadores foi no dia 4 de abril de 1995. Nesse jogo, o histórico goleiro do Nacional Rene Higuita defendeu uma cobrança de penalti aos 48 do segundo tempo, classificando o clube colombiano para as oitavas e eliminando o time chileno.

Grupo G

Clubes do Grupo G da Copa Libertadores 2021

Flamengo (BRA)

O Flamengo é considerado por muitos no Brasil, como o “time a ser batido“. O grande desafio de qualquer clube brasileiro ou sul americano é vencer o Flamengo e seu time de estrelas. Façanha esta que o Racing conseguiu em 2020 e impediu o clube carioca de avançar na competição na luta pelo tri campeonato. O Flamengo chega na sua 17ª Libertadores na condição de Campeão Brasileiro de 2020 e vai em busca do tri da Libertadores (conquistou dois títulos em 1981 e 2019).

No time comandado pelo ex-goleiro Rogerio Ceni, talvez seria mais fácil dizer quem não é destaque. Mas Arrascaeta, Bruno Henrique, Everton Riberiro e Gabriel Barbosa, o Gabigol, certamente são os grandes nomes dessa equipe.

Jornal Nacional - Flamengo se torna o time a ser batido no Brasil

LDU Quito (EQU)

Esta será a 20ª participação da Liga de Quito na Libertadores e a 13ª desde o ano 2000. Desde a sua primeira participação em 1970, a LDU vem conquistando espaço e desde a entrada no novo milênio, posicionou-se como um time que deve ser respeitado. Foi campeã em 2008 na emocionante final contra o Fluminense, no Maracanã e agora chega como vice-campeão equatoriano de 2020.

Desde 2017, o time é comandado pelo uruguaio Pablo Repetto. Sob o comando de Repetto, a LDU chegou nas quartas de final em 2019 e nas oitavas em 2020. O principal nome do time é o atacante colombiano Martínez Borja. Junto a ele, três argentinos: o goleiro Adrián Gabbarini e os meias Ezequiel Piovi e Lucas Villarruel. O clube conta ainda com os uruguaio Matías Zunino e Rodrigo Aguirre. É a seleção latino-americana da LDU para esta Libertadores.

Velez Sarsfield (ARG)

O Velez Sarsfield esta novamente de volta a Copa Libertadores. O clube não participava da competição desde 2014, quando chegou a oitavas de final e caiu diante do Nacional do Uruguai. Esta será a sua 16ª participação na Copa Libertadores e o clube já tem um título, conquistado em 1994, contra o São Paulo na decisão, vencendo na cobrança de penalidades máximas (Palhinha desperdiçou para o tricolor paulista).

O Velez é comandado por Mauricio Pellegrino desde Abril de 2020. Como destaques em seu elenco, o treinador conta com o zagueiro Lautaro Gianetti, o meia Thiago Almada e os atacantes Luca Orellano e Agustín Bouzat.

Luca Orellano • Jugadas • Goles • Asistencias

Unión La Calera (CHI)

Junto con Rentistas do Uruguai e o Deportivo La Guaira da Venezuela, o Unión la Calera é estreante na fase de grupos da Libertadores. Chega como vice-campeão do campeonato chileno em 2020. O Unión La Calera jamais conquistou o campeonato chileno, tendo conquistado 3 vezes o título da segunda divisão do país e 2 vezes o da terceira divisão.

Na sua primeira participação na fase de grupos do maximo torneio do continente, o Unión La Calera terá o comando do argentino Luca Marcogiuseppe, que também terá sua primeira experiência na competição. O principal nome do time são os atacante Andrés Vilches e Octavio Rivero.

Andrés Vilches/ The Killer 😎 / Unión La Calera 2020

Curiosidades do Grupo G

  • Na Copa Libertadores 2019, Flamengo e LDU ficaram no mesmo grupo e ambos avançaram para a fase das oitavas. Nos confrontos entre as duas equipes, uma vitória para cada lado.
  • O Grupo G e o F são os grupos com mais campeões da Libertadores, com 3 clubes campeões: Flamengo, LDU Quito e Vélez Sarsfield no G e Nacional, Argentinos Juniors e Atlético Nacional no Grupo F.

Grupo H

Clubes do Grupo H da Copa Libertadores 2021

O Grupo H tem tudo para ser um grupo bastante equilibrado, com tendência a alguma superioridade por parte do Atlético Mineiro, considerando o elenco que possui o clube mineiro. No entanto, o Galo ainda precisa provar dentro de campo, que pode ser protagonista na chave e na competição.

Cerro Porteño (PAR)

O Cerro Porteño do Paraguai é o único cabeça de chave desta edição que jamais conquistou a Copa Libertadores da América. Por que então seria cabeça de chave? Porque o Cerro Porteño está, nada mais e nada menos, que na sua 42ª participação na competição. Só tem menos participações que Nacional, Peñarol e Olímpia. Além disso, chegou em 6 semifinais, nos anos de 1973, 1978, 1993, 1998, 1999 e 2011, porém, sem jamais ter conseguido avançar para a decisão do título.

O Cerro Porteño é comandado pelo consagrado ex-lateral de Grêmio e Palmeiras, campeão da américa em ambos os clubes, Francisco Arce. Para disputa da Libertadores, Arce tem a disposição como destaques o meia Ángel Cardozo e o atacante Federico Carrizo. Destaque ainda para o jovem atacante, Robert Morales, de 22 anos, promessa do clube paraguaio.

Francisco Arce #2 - Cerro Porteño, Grêmio, Palmeiras, Paraguay

Atlético Mineiro (BRA)

O Atlético Mineiro ficou de fora da Copa Libertadores 2020, mas retornou em 2021 como 3º colocado no Brasileirão do ano passado. O Galo está na sua 11ª participação da competição que conquistou em 2013, pelos pés consagrados de Ronaldinho Gaúcho.

CAMPANHA DO GALO NA LIBERTADORES 2013 ( TODOS GOLS E JOGOS)

Para esta Copa Libertadores, o Atlético Mineiro trouxe Cuca para comendar a equipe. O treinador, que levou o Santos para a decisão com o Palmeiras na edição de 2020, tem a missão de fazer o galo jogar bem e sonhar com o título. Para isso, o clube tem nomes consagrados no futebol como os atacantes Hulk, Eduardo Vargas e Diego Tardelli e trouxe o meia Ignacio Martín Fernández, do River Plate. O atacante Keno também é uma das armas da equipe para esta Libertadores.

América de Cali (COL)

O América de Cali é provavelmente, um dos mais tradicionais clubes de futebol da Colombia. Por envolvimentos com o narcotráfico, terminou “punido” sendo incluído na Lista Clinton e ficou sem patrocínio durante varios anos, chegando até a ser rebaixado para a segunda divisão do país. No entanto, desde que saiu da Lista Clinton, o clube vem em um importante processo de recuperação da sua força no futebol do continente. Com isso, o América de Cali chega para sua 21ª participação na competição onde chegou a decisão em 4 oportunidades, mas perdeu todas: 1985, 1986, 1987 e 1996.

O América é comandado, desde julho de 2020 pelo argentino Juan Cruz Real e tem como destaques da equipe os meia Rafael Carrascal e Luis Paz, e o atacante Duván Vergara.

https://www.youtube.com/watch?v=gnWec080D3s

Deportivo La Guaira (VEN)

O Deportivo La Guaira é um clube novo no futebol da Venezuela e do continente. Foi fundado a apenas 12 anos, em 2008. Em 2016 já fez história ao ser o primeiro clube venezuelano a chegar a fase de oitavas da Copa Sul Americana. No ano de 2019 classificou-se pela primeira vez a Copa Libertadores, mas não passou da fase pré-classificatória, caindo na segunda fase diante do Atlético Nacional da Colômbia. Agora, chega na fase de grupos da Copa Libertadores como campeão venezuelano 2020.

¡DEPORTIVO LA GUAIRA CAMPEÓN DEL FUTVE! DEPORTIVO LA GUAIRA 2-0 DEPORTIVO TÁCHIRA

O time venezuelano será comando pelo venezuelano Daniela Farías e tem a disposição, como principais armas da equipe, o zagueiro Luís Martinez, o meia Arles Flores e o atacante Darwin González.

Curiosidades do Grupo H

  • O América de Cali tem uma “façanha” amarga na história da Copa Libertadores: ser 3 vezes vice-campeão da Libertadores, em 3 anos consecutivos (1985, 1986 e 1987). O clube chegaria novamente a decisão em 1996, ficando novamente com o vice-campeonato.
  • Na Copa Libertadores de 2019, o Atlético Mineiro terminou eliminado ainda na fase de grupos, onde estava justamente o Cerro Porteño, cabeça de chave do seu grupo nesta edição 2021.

Calendário da Copa Libertadores 2021

A Copa Libertadores começou dia 23 de fevereiro, com as 3 fases prévias e terminará, no dia 20 de novembro, na grande final em jogo único. Conheça as datas de cada fase:

Fase 1 – 23 de fevereiro a 03 de março de 2021

Fase 2 – 9 a 18 de março de 2021

Fase 3 – 6 a 15 de Abril de 2021

Sorteio da fase de grupos – 9 de abril de 2021

Fase de Grupos – 20 de abril a 27 de maio de 2021

Pausa para a Copa América – 11 de junho a 10 de julho de 2021

Oitavas de Final – 13 a 22 de julho de 2021

Quartas de Final – 10 a 19 de agosto de 2021

Semifinal – 21 a 30 de setembro de 2021

Final – 20 de novembro de 2021

Critérios de desempate da Libertadores

O regulamento da Copa Libertadores prevê diferentes critérios de desempate para três fases distintas da competição, a saber:

Fase de Grupos

Na fase de grupos, em caso de empate em pontos entre duas ou mais equipes, os criterios de desempate são, pela ordem:

  1. Saldo de gols;
  2. Maior número de gols marcados;
  3. Maior número de gols marcados como visitante;
  4. Melhor colocação no Ranking da Conmebol em XX-XX-XXXX.

Fases Preliminares e Eliminatórias

Para as fases preliminares (Fases 1, 2 e 3) e as Eliminatórias (Oitavas, Quartas e Semifinal), em caso de empate em pontos, os criterios de desempate são, pela ordem:

  1. Saldo de gols;
  2. Maior número de gols marcados como visitante;
  3. Definição por penaltis.

Desempate na Final

Em caso de empate no jogo final, haverá um tempo adicional (prorrogação) de 30 minutos, divididos em 2 tempos de 15 minutos. Persistindo a igualdade o título será decidido nos penaltis.

Transmissão de Jogos da Libertadores 2021 pela TV e Internet

Todo torcedor quer saber onde e como acompanhar os jogos do seu time (ou dos rivais) na Copa Libertadores. Não perca nada, veja na sequencia onde assistir:

Transmissão no Brasil

No Brasil, a Copa Libertadores é transmitida pelo SBT no canal aberto, Fox Sports e Conmebol TV para os assinantes destes canais e no Facebook. Veja onde ver cada um dos jogos dos Brasileiros na fase de grupos:

Onde assistir os jogos do Atlético Mineiro na Libertadores 2021

21/abril – 19h00- Dep. La Guaira (VEN) x Atlético-MG – Conmebol TV
27/abril – 21h30 – Atlético-MG x América de Cali (COL) – SBT e Conmebol TV
4/maio – 19h15 – Atlético-MG x Cerro Porteño (PAR) – Fox Sports
13/maio – 21h00 – América de Cali (COL) x Atlético-MG – Facebook
19/maio – 21h00 – Cerro Porteño (PAR) x Atlético-MG – Conmebol TV
25/maio – 21h30 – Atlético-MG x Dep. La Guaira (VEN) – SBT e Fox Sports

Onde assistir os jogos do Flamengo na Libertadores 2021

20/abril – 21h30 – Vélez Sarsfield (ARG) x Flamengo – SBT e Fox Sports
27/abril -19h15 – Flamengo x Unión La Calera (CHI) – Fox Sports
4/maio – 21h30 – LDU (EQU) x Flamengo – SBT e Conmebol TV
11/maio – 21h30 – Unión La Calera (CHI) x Flamengo – SBT e Conmebol TV
19/maio – 21h00 – Flamengo x LDU (EQU) – Fox Sports
27/maio – 21h00 – Flamengo x Vélez Sarsfield (ARG) – Facebook

Onde assistir os jogos do Fluminense na Libertadores 2021

22/abril – 19h00 – Fluminense x River Plate (ARG) – Facebook
28/abril – 21h00 – Santa Fe (COL) x Fluminense – Conmebol TV
6/maio – 19h00 – Junior Barranquilla (COL) x Fluminense – Facebook
18/maio – 21h30 – Fluminense x Junior Barranquilla (COL) – SBT e Fox Sports
25/maio – 19h15 – River Plate (ARG) x Fluminense– Fox Sports
12/maio – 21h00 – Fluminense x Santa Fe (COL) – Conmebol TV

Onde assistir os jogos do Internacional na Libertadores 2021

20/abril – 19h15 – Always Ready (BOL) x Internacional – Conmebol TV
27/abril – 19h15 – Internacional x Dep. Táchira (VEN) – Conmebol TV
5/maio – 21h00 – Internacional x Olimpia (PAR) – Fox Sports
11/maio – 19h15 – Dep. Táchira (VEN) x Internacional – Conmebol TV
20/maio – 21h00 – Olimpia (PAR) x Internacional – Facebook
26/maio – 19h00 – Internacional x Always Ready (BOL) – Conmebol TV

Onde assistir os jogos do Palmeiras na Libertadores 2021

21/abril – 21h00 – Universitario (PER) x Palmeiras – Fox Sports
27/abril – 21h30 – Palmeiras x Independiente del Valle (EQU) – SBT e Fox Sports
4/maio – 21h30 – Defensa y Justicia (ARG) x Palmeiras SBT e Fox Sports
11/maio – 21h30 – Independiente del Valle (EQU) x Palmeiras SBT e Fox Sports
18/maio – 19h15 – Palmeiras x Defensa y Justicia (ARG) – Conmebol TV
27/maio – 19h00 – Palmeiras x Universitario (PER) – Facebook

Onde assistir os jogos do Santos na Libertadores 2021

20/abril – 19h15 – Santos x Barcelona-EQU – Fox Sports
27/abril – 21h30 – Boca Juniors x Santos – Fox Sports
04/maio – 19h15 – Santos x The Strongest – Fox Sports
11/maio – 19h15 – Santos x Boca Juniors – Fox Sports
18/maio – 19h15 – The Strongest x Santos – Fox Sports
25/maio – 21h00 – Barcelona x Santos – Fox Sports

Onde assistir os jogos do São Paulo na Libertadores 2021

20/abril – 21h30 – Sporting Cristal (PER) x São Paulo – SBT e Conmebol TV
29/abril – 21h00 – São Paulo x Rentistas (URU) – Facebook
5/maio – 19h00 – Racing (ARG) x São Paulo – Fox Sports
12/maio – 19h00 – Rentistas (URU) x São Paulo – Fox Sports
18/maio – 21h30 – São Paulo x Racing (ARG) – SBT
25/maio – 21h30 – São Paulo x Sporting Cristal (PER) – SBT e Conmebol TV

Transmissão na América Latina

Na América Latina, principalmente Argentina, Chile e Colômbia, todos os jogos da Copa Libertadores estão divididos entre Fox Sports e ESPN. Adicionalmente, alguns jogos serão transmitidos pela Conmebol TV e pelo Facebook Live.

Uso do VAR na Copa Libertadores 2021

A Copa Libertadores de 2021 terá o uso do recurso do VAR somente a partir da fase de oitavas de final em diante, para todas as partidas, até o jogo decisivo da competição.

Final em jogo único, sede indefinida

Pelo terceiro ano consecutivo, a Copa Libertadores terá sua final disputada em jogo único. A sede ainda não foi definida, mas a Conmebol divulgou quem são os candidatos:

  • Estadio Alberto J. Armando, “La Bombonera” – Buenos Aires, Argentina
  • Estadio Antonio V. Liberti, “El Monumental” – Buenos Aires, Argentina
  • Estadio Libertadores de América – Avellaneda, Argentina
  • Estadio Presidente Perón, “El Cilindro” – Avellaneda, Argentina
  • Estadio Mario A. Kempes – Córdoba, Argentina
  • Estadio Beira-Rio – Porto Alegre, Brasil
  • Estadio Joaquim A. Guimaraes, “Arena da Baixada” – Curitiba, Brasil
  • Arena Corinthians – São Paulo, Brasil
  • Estadio Morumbi – São Paulo, Brasil
  • Estadio Nacional – Santiago, Chile
  • Estadio Monumental Isidro Romero Cabo – Guayaquil, Equador

O que já está definido, é que a grande final da Copa Libertadores 2021 será disputada no dia 20 de Novembro de 2021, um sábado.