Campeonato Sul Mato-grossense

Raio X do Campeonato 

Divisões: 2
Realizado desde: 1979 (após a divisão com o estado do Mato Grosso)
Período de disputa:  Janeiro a Abril
Número de clubes na 1ª Divisão: 10
Primeiro campeão: Operário (1979)
Maior campeão: Operário (11 títulos) 
Campeão atual: Águia Negra (2019) 

Regulamento e fórmula de disputa do Campeonato Sul Mato-grossense

Primeira Fase: Na primeira fase, as 10 equipes se enfrentam em turno único, classificando-se as 8 primeiras para quartas de final.

Fase final: As fases de quartas, semifinal e final serão no sistema de mata-mata, ida e volta, até a determinação do campeão sul-mato-grossense. 

Rebaixamento: os dois últimos colocados da primeira fase do Campeonato Sul Mato-grossense serão rebaixados para a segunda divisão.

Vagas: Campeão e vice tem vaga na Copa do Brasil e na Série D do Brasileirão.

Tabela do Campeonato Sul Mato-grossense

Curiosidades do Campeonato sul-matogrossense

  • A cidade de Corumbá foi protagonista para a organização do futebol no estado.    
  • Em 2007, o atacante Sérgio Ferraz Ramos, mais conhecido como Serginho Matador, marcou 22 gols em 21 jogos e é o recordista de gols em uma única edição do estadual. 

Principais jogadores revelados pelo futebol sul mato-grossense

  • Muller: natural de Campo Grande, o atacante destacou-se em pelo São Paulo, Torino, Palmeiras e Cruzeiro. Fez parte do grupo da seleção brasileira campeã do mundo em 1994.
  • Keirrison: revelado pelo CENE de Campo Grande, o atacante teve grande destaque pelo Coritiba e pelo Palmeiras, até ser negociado com o Barcelona. Não teve sucesso na europa e retornou ao Brasil para jogar no Santos.
  • Alex Dias: natural de Rio Brilhante, o atacante, jogou pelo Clube do Remo, Goiás, Sant Etienne e PSG (França), Vasco, São Paulo e Fluminense.
  • Lima: revelado pelo Operário, o centroavante Lima teve grande passagem pela dupla Grenal nos anos 80 e 90, além de uma boa passagem pelo Benfica de Portugal.
Marcações: