Campeonato Rondoniense

Raio X do Campeonato 

Divisões: 1
Realizado desde: 1945 
Profissionalizado em: 1991
Período de disputa:  Fevereiro a Abril
Número de clubes na 1ª Divisão: 11 
Primeiro campeão: Ypiranga (1945) 
Maior campeão: Ferroviário (18 títulos na fase amadora) e Ji-Paraná (9 títulos na era profissional)
Campeão atual: Vilhenense (2019) 

Regulamento e fórmula de disputa do Campeonato Rondoniense

Primeira Fase As 11 equipes são divididas em dois grupos, de 5 e de 6 equipes de acordo com a região. Os grupos jogam entre si em turno e returno e os 2 primeiros avançam para a semifinal.

Fase final: A fase semifinal e a final do Campeonato Rondoniense são disputadas em jogos de ida e volta. 

Rebaixamento: o último colocado em cada um dos dois grupos é rebaixado para a segunda divisão.

Vagas: Campeão e vice tem vaga na Série D do Brasileirão. O campeão ainda disputa a Copa do Brasil e o vice na Copa Verde.

Tabela do Campeonato Rondoniense

Curiosidades do Campeonato Rondoniense 

  • A Federação Rondoniense não reconhece os campeões do período amador do futebol e reconhece apenas os títulos a partir de 1991. 
  • Faltam registros sobre as competições da fase amadora e em muitos anos se desconhece até mesmo quem foi o vice-campeão.    
  • Rondônia não tem segunda divisão atualmente. 

Principais jogadores revelados no futebol Rondoniense

  • Elsinho: natural de Porto Velho e revelado pelo Genus, o polivalente lateral, meia e ponta jogou no Figueirense e América-MG, entre outros clubes. Também teve passagem importante pelo Kawasaki Frontale do Japão.
  • Silvinho: natural de Guaruja-Mirim e revelado pelo Nacional de Rolândia, no Paraná, Silvinho foi um lateral esquerdo que jogou pelo São Paulo e Chapecoense, entre outros clubes.
  • Hélio Junior: natural de Pimenta bueno e uma promessa do futebol nacional, o lateral Helio Junior passou pelo Portimonense de Portugal, Atlético Mineiro e Bahia.
Marcações: