Campeonato Potiguar

Raio X do Campeonato 

Divisões: 2
Realizado desde: 1919
Período de disputa:  Janeiro a Abril
Número de clubes na 1ª Divisão: 8
Primeiro campeão: América (1919)
Maior campeão: ABC (55 títulos) 
Campeão atual: América (2019)

Regulamento e fórmula de disputa do Campeonato Potiguar

Primeiro turno (Copa Cidade de Natal): os oito clubes jogam entre si em jogos de ida e os dois primeiros disputam a final, em partida única. O campeão do turno garante vaga na final.

Segundo turno (Copa RN): os oito clubes novamente jogam entre si os jogos de volta e os dois primeiros disputam a final, em partida única. O campeão do turno garante vaga na final.

Final: será disputada em jogos de ida e volta. Caso a mesma equipe vença os dois turnos, será declarada campeã do Campeonato Potiguar

Rebaixamento: o ultimo colocado da soma geral dos dois turnos será rebaixado a segunda divisão.

Vagas:  Campeão e vice tem vaga na Copa do Brasil, na Copa do Nordeste e na Série D do Brasileirão, caso não tenha nenhuma vaga em qualquer série do futebol nacional.

Tabela do Campeonato Potiguar

Curiosidades do Campeonato Potiguar 

  • O ABC de Natal é o maior campeão estadual do Brasil, com 55 títulos no total. 
  • Devido a falta de registros históricos há dúvidas sobre o verdadeiro campeão de alguns anos, especialmente na década de 20, visto que os próprios clubes se autodenominam campeões estaduais. Alguns destes títulos não são reconhecidos pela federação. 
  • Até o ano 2000, somente os times da capital haviam sido campeões: ABC, América, Alecrim e Santa Cruz. De 2001 em diante, já 5 times do interior venceram a competição.
  • No dia No dia 15 de abril de 1981 foi marcado o gol mais rápido da história do futebol Potiguar e muitos afirmam ter sido o mais rápido do mundo. América de Natal e ABC decidem o 1 turno do estadual. A bola saiu do meio campo, foi recuada para trás e o meia do América, vendo o goleiro adiantado, chutou do meio de campo abrindo o marcador. O problema é que nem a TV registrou o tempo do gol e nem o árbitro soube precisar. Muitos dizem ter sido 4 segundos, outros 5 ou 7 segundos. Sem comprovação do tempo, ficou só na “palavra” dos presentes. 
  • O Força e Luz foi rebaixado em 2019, mas não disputará a segunda divisão em 2020, permanecendo na elite. Isso porque o regulamento permite que o clube rebaixado busque o acesso na segunda divisão no mesmo ano, e o Força e Luz foi lá e conquistou o título.

Principais jogadores revelados pelo futebol do Rio Grande do Norte 

  • Marinho Chagas: lateral revelado no Riachuelo, jogou no Botafogo, Fluminense e São Paulo, entre outros, e foi eleito o melhor lateral da Copa do Mundo de 1974, pela seleção brasileira. Ficou famoso pelo atrito com o goleiro Leão na derrota para a Polonia por 1 x 0, na decisão do 3° lugar. Morreu em 2014, aos 62 anos, vítima de uma hemorragia.
  • Nonato: natural de Mossoró, o lateral foi revelado pelo Baraúnas e viveu seu grande momento da carreira jogando pelo Cruzeiro, onde atuou por 8 temporadas conquistou a Copa Libertadores de 1997, foi bi da Copa do Brasil em 1993 e 1996, entre outros títulos.
  • Rodriguinho: natural de Natal e revelado pelo ABC, o meia Rodriguinho viveu seus melhores momentos no futebol jogando pelo América Mineiro e pelo Corinthians. Pelo timão, foi bicampeão brasileiro, em 2015 e 2017.
Marcações: