Campeonato Paraibano

Raio X do Campeonato 

Divisões: 2
Realizado desde: 1908
Período de disputa:  Janeiro a Abril 
Número de clubes na 1ª Divisão: 10 
Primeiro campeão: Parahyba FC (1908)
Maior campeão: Botafogo (30 títulos)
Campeão atual: Botafogo (2019)

Regulamento e fórmula de disputa do Campeonato Paraibano

Fase Classificatória: na fase classificatória os 10 clubes se dividem em 2 grupos de 5 e disputam turno e returno contra os clubes da outra chave.

Fase final: as semifinais serão disputadas em jogos mata-mata, ida e volta, assim como a final. 

Rebaixamento: O último colocado de cada grupo do Campeonato Paraibano será rebaixado.

Vagas:  Campeão e vice garantem vaga na Serie D do Brasileirão, caso não tenham vaga em outra série nacional. O campeão disputa ainda a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste, e o vice garante vaga na Copa do Brasil.

Tabela do Campeonato Paraibano

Curiosidades do Campeonato Paraibano

  • É um dos 4 campeonatos estaduais mais antigos do Brasil.    
  • A primeira vez que o paraibano foi transmitido pela TV paga foi pela TV Assembleia Paraíba, em 2005. 
  • Em 1975, o Campinense entrou na justiça alegando que o Nacional de Patos havia escalado um jogador irregular. O campeonato foi paralisado e nunca mais terminou. Assim, o Botafogo (campeão do 1o turno) e o Treze (campeão do 2o turno) foram declarados campeões. 

Principais jogadores revelados pelo futebol da Paraíba

  • Índio: natural de Cabedelo, Indio foi um atacante que jogou por Bangu, Flamengo, Corinthians, Espanyol e América. Também disputou a Copa do Mundode 1954 pela seleção brasileira.
  • Rinaldo: revelado pelo Campinense, o ponta esquerda Rinaldo destacou-se pelo Santa Cruz o que despertou interesse do Fluminense, onde jogou duas temporadas. Jogou ainda no São Paulo e em outros 9 clubes do Brasil e exterior.
  • Mazinho: talvez o mais ilustre atleta paraibano, Mazinho começou no Santa Cruz da Paraiba e logo foi para o Vasco. O lateral direito destacou-se ainda no Palmeiras e no Celta de Vigo, entre outros clubes. Foi campeão do mundo pela seleção brasileira em 1994.
  • Marcelinho Paraíba: revelado pelo Campinense, Marcelinho Paraiba foi idolo e artilheiro por onde passou. Destacou-se principalmente no São Paulo, Hertha Berlim, Grêmio e Flamengo. 
Marcações:Estaduais