Campeonato Goiano

Raio X do Campeonato 

Divisões: 3
Realizado desde: 1944
Profissionalizado em: 1962
Período de disputa:  Janeiro a Abril
Número de clubes na 1ª Divisão: 12
Primeiro campeão:  Atlético Goianiense (1944) 
Maior campeão: Goiás (28 títulos) 
Campeão atual: Atlético Goianiense (2019) 

Regulamento e fórmula de disputa do Campeonato Goiano

Primeira fase: os 12 clubes são divididos em 2 grupos e os jogos são grupo contra grupo, ida e volta. Classificam os dois primeiros de cada grupo e os outros 6 melhores, independente do grupo.

Fase final: Os 8 classificados disputam as fases de quartas, semifinal e final, todas em jogos mata-mata, ida e volta. 

Rebaixamento: Os dois piores times da competição, independente se estão no mesmo grupo, caem para a segunda divisão.

Vagas:  os 3 primeiros colocados do Campeonato Goiano garantem vaga na Copa do Brasil e os 3 melhores colocados que não estejam em nenhuma divisão do campeonato brasileiro disputam a Série D.

Tabela do Campeonato Goiano

Curiosidades do Campeonato Goiano 

  • Maior campeão goiano, o Goiás conquistou seu primeiro título apenas 22 anos após a primeira edição do campeonato. Foi campeão em 1966.    

Principais jogadores revelados pelo futebol goiano 

  • Túlio Maravilha: revelado pelo Goiás e com grande passagem pelo Botafogo, o centroavante ficou famoso por supostamente ter marcado 1000 gols na carreira. Vale lembrar que Túlio atuou em 35 clubes diferentes na carreira.
  • Baltazar: revelado pelo Atlético Goianiense, o centroavante era conhecido como o “artilheiro de Deus” pela sua fé. Consagrou-se no Grêmio e teve passagens importantes pelo Palmeiras, Flamengo e Atlético de Madrid, entre outros clubes.
  • Fernandão: revelado pelo Goiás, o centroavante viveu seu maior momento na carreira jogando no Internacional, quando foi campeão da Libertadores e do Mundo. Morreu trágica e precocemente em um acidente de helicóptero, em 2014, aos 36 anos.
  • Uidemar: volante revelado pelo Goiás, teve grande passagem pelo Flamengo no final dos anos 80 e inicio dos anos 90, quando atuou ao lado de Junior, Renato Gaúcho e Zinho.
Marcações: