Início » Competições » Campeonato Gaúcho

Campeonato Gaúcho

Raio X do Campeonato 

Divisões: 3
Realizado desde: 1919
Período de disputa:  Janeiro a Abril 
Número de clubes na 1ª Divisão: 12 
Primeiro campeão:  Brasil de Pelotas (1919) 
Maior campeão:  Internacional (45 títulos)
Campeão atual: Grêmio (2019) 

Regulamento e fórmula de disputa do Campeonato Gaúcho

Primeiro turno (Taça Ewaldo Poeta): as 12 equipes são dividas em 2 grupos e disputam somente jogos de ida, com as 2 primeiras de cada chave avançando para a semifinal. O confronto semifinal tem o 1º colocado do Grupo A contra o 2º do B e vice-versa em jogo único. A final do turno também será em jogo único e o vencedor tem vaga assegurada na final.

Segundo turno (Taça Francisco Noveletto): as 12 equipes mantém a mesma divisão de grupos e disputam somente jogos de ida, agora grupo contra grupo. As 2 primeiras de cada chave avançam para a semifinal. O confronto semifinal tem o 1º colocado do Grupo A contra o 2º do B e vice-versa em jogo único. A final do turno também será em jogo único e o vencedor tem vaga assegurada na final.

Final: os campeões de cada turno se enfrentam em dois jogos ida e volta para definir o campeão. Se uma equipe vencer os dois turnos será declarada campeã do Campeonato Gaúcho sem a necessidade dos jogos finais. 

Rebaixamento: As duas equipes de piores campanhas no somatório dos turnos são rebaixadas

Vagas:  Os 3 primeiros colocados no campeonato ganham vaga na Copa do Brasil. O melhor colocado que não disputa nenhuma divisão do campeonato nacional terá vaga na Série D do Brasileirão.

Tabela do Campeonato Gaúcho

Curiosidades do Campeonato Gaúcho 

  • Até 1960, o campeonato foi disputado por regiões dentro do estado do RS, e as melhores equipes de cada região enfrentavam os times da capital. 
  • Desde 1940 até 2019, em apenas 4 oportunidades o título não ficou com a dupla grenal: Renner (1954), Juventude (1998), Caxias (2000) e Novo Hamburgo (2017).
  • A supremacia grenal é tão grande que depois de Inter com 45 títulos e Grêmio com 38, o terceiro clube com mais títulos é o Guarany de Bagé, atualmente na segunda divisão, que tem apenas 2 (1920 e 1938). 
  • Das 98 competições disputadas, somente 6 vezes a dupla grenal não ficou entre os 4 primeiros colocados: 1994 (Grêmio em 6º), 1998 (Grêmio em 5º), 2003 (Grêmio em 6º), 2007 (Internacional em 7º), 2008 (Grêmio em 5º) e 2018 (Internacional em 6º). 

Principais jogadores revelados pelo futebol gaúcho

  • Ronaldinho Gaúcho: revelado pelo Grêmio, Ronaldinho Gaúcho foi duas vezes eleito o melhor jogador do planeta e foi campeão mundial pela seleção brasileira em 2002.
  • Dunga: natural de Ijuí, o volante revelado no Internacional foi o capitão da seleção brasileira campeã do mundo em 1994.
  • Taffarel: natural de Santa Rosa, o goleiro foi revelado pelo Internacional e foi titular na conquista do mundial de 1994 pela seleção brasileira.
  • Mauro Galvão: revelado pelo Internacional, o zagueiro foi ídolo onde passou. Além do clube colorado, jogou no Bangu, Botafogo, Grêmio e Vasco da Gama.
  • Everaldo: revelado pelo Grêmio, foi lateral da seleção brasileira na conquista do mundial de 1970. Morreu tragicamente em um acidente de carro em 1974, aos 30 anos de idade.
  • Branco: natural de Bagé e revelado pelo Guarany, o lateral-esquerdo branco foi campeão do mundo pela seleção brasileira na Copa de 1994. Jogou em grandes como Internacional, Fluminense, Brescia, Porto, Genoa, Flamengo, Grêmio e Corinthians.
  • Paulo César Carpegiani: natural de Erechim, volante revelado pelo Internacional, foi 3 vezes campeão brasileiro, duas pelo Internacional em 1975 e 1976 e uma pelo Flamengo, em 1980.
  • Renato Gaúcho: revelado pelo Esportivo de Bento Gonçalves e descoberto pelo Grêmio, Renato Gaúcho é o maior jogador da história do clube gaúcho onde foi campeão da Libertadores e do Mundo.
  • Paulo Baier: natural de Ijuí e revelado pelo São Luiz, o meia foi o o maior artilheiro da era dos pontos corridos do Campeonato Brasileiro com 106 gols marcados.
Marcações: