Campeonato Amapaense

Raio X do Campeonato 

Divisões: 1
Realizado desde: 1944 
Profissionalizado em: 1991
Período de disputa:  Julho e Agosto
Número de clubes na 1ª Divisão: 6
Primeiro campeão: Macapá (1944)
Maior campeão: Macapá (17 títulos)
Campeão atual: Santos de Macapá (2019)

Regulamento e fórmula de disputa do Campeonato Amapaense

Primeira fase: As 6 equipes se enfrentam todos contra todos na primeira fase em turno único, onde os 4 primeiros avançam para as semifinais.

Semifinais: são disputadas em jogos mata-mata, ida e volta. Os confrontos são de acordo com a posição das equipes na primeira fase: 1º colocado contra o 4º colocado e 2º colocado versus o 3º colocado.

Final: a final acontece também com jogos ida e volta. O vencedor dos confrontos será declarado campeão do Campeonato Amapaense.

Rebaixamento: não há rebaixamento no campeonato do Amapá.

Vagas:  O campeão tem vaga na Copa do Brasil e na Série D do Brasileirão. O vice-campeão tem vaga na Série D do Brasileirão.

Tabela do Campeonato Amapaense

Curiosidades do Campeonato Amapaense

  • O Macapá, que é o maior campeão do futebol do Amapá não vence o campeonato desde 1991. 
  • Todos os clubes que disputam o campeonato são de apenas duas cidades: Macapá e Santana. 

Principais jogadores revelados pelo futebol do Amapá 

  • Bira: formado no Ypiranga do Amapá, jogou no Remo do Pará e no Internacional onde foi campeão brasileiro em 1979. É o quarto maior artilheiro da história do Remo.
  • Marinho Macapá: formado no Guarany de Macapá, fez história no futebol do Amazonas jogando pelos dois principais clubes do estado, o Nacional e o Rio Negro.
  • Aldo Silva: lateral-direito revelado no EC Macapá, jogou no Paysandu e no Fluminense, chegando a jogar pela seleção brasileira em 1985. 
Marcações: