Contexto e perspectivas do futebol em 2019

  • O Jogo

Estamos em janeiro de 2019, inicio de temporada nos clubes da américa do sul e meio de temporada para os clubes europeus. As janelas de transferência da europa fecham a maioria em 31 de janeiro enquanto no nosso continente, elas se mantém em sua grande maioria de países até 30 de Março.

Os clubes se reforçaram, traçaram seus planos, fizeram pré-temporada e agora vamos fazer uma revisão rápida sobre o que nos espera esse ano de 2019 em termos de futebol. Quem vem forte? Quem são os favoritos? Quem pode surpreender? Quem precisa ficar alerta? Qual o contexto do futebol em 2019?

Não precisamos falar que o futebol é uma “caixinha de surpresas”, então, sempre tudo pode acontecer. Entretanto, é possível fazer conjecturas e sinalizar tendências importantes para esse ano. Aqui o Leitura de jogo traz uma analise de como começa o ano de 2019 nas principais competições do futebol mundial.

PERSPECTIVAS DO FUTEBOL SUL AMERICANO EM 2019

Copa Conmebol Libertadores da América 2019

A competição mais importante do nosso continente começa com 47 clubes onde 28 deles já tem vaga direta a fase de grupos e os outros 19 vão disputar as 4 vagas restantes durante a chamada “pré-libertadores”. A competição que já começa com algumas polêmicas como a proibição dos “bandeirões” nos estádios terá ainda a primeira final em jogo único da história, que acontecerá no Estádio Nacional, na cidade de Santiago, capital do Chile.

A Libertadores de 2019 está na sua 60ª edição e tem 15 campeões de edições anteriores entre os classificados o que já é um parâmetro de bom nível a competição. Mas mais do que o passado, o que importa é o presente de cada uma dessas equipes, por isso o Leitura de Jogo faz uma projeção dos clubes participantes e os principais aspirantes ao título.

Uma informação que será destacada nas análises e que consideramos relevante – embora jamais definitiva – é a valorização de cada um dos elencos. As informações aqui trazidas são retiradas do mais importante site de movimentações do mercado da bola, o Transfer Market:

Favoritos ao título

Historicamente, os clubes argentinos e brasileiros são favoritos ao título. E não é por menos, visto que além da tradição, são clubes com maiores estruturas, mais recursos, visibilidade, patrocínio e elencos mais qualificados.

Para essa temporada, podemos considerar 4 clubes como os favoritos ao título:

PALMEIRAS

Tem um elenco muito forte, o que permite ao treinador Luiz Felipe Scolari disputar todas as competições em alto nível. O elenco alvi-verde tem opções de qualidade para todas as posições desde o gol onde conta com 3 grandes goleiros como Weverton, Jaílson e Fernando Prass, passando pela meia onde tem Felipe Mello, Bruno Henrique, Lucas, Moisés, Scarpa e Guerra e chegando ao ataque onde conta com Dudu, Ricardo Goulart, Borja, Willian, Deyverson, além de Arthur Cabral, Carlos Eduardo e Felipe Pires. Ou seja, tem camisa, tem tradição, tem elenco e sem dúvida é favorito a conquista da Libertadores.

Avaliação do elenco: 106 milhões de euros

FLAMENGO

Conquistou apenas uma Libertadores em toda sua história (1981) montou um elenco para brigar pelo título em 2019. Não mediu esforços para reforçar a equipe e trouxe nomes de peso e com investimentos altos, como Arrascaeta, Gabriel, Rodrigo Caio e Bruno Henrique. Além disso, manteve o meia Diego e William Arao, peças importantes para o também novo treinador, Abel Braga. A grande perda no elenco foi a saída de Lucas Paquetá para o Milan, mas a torcida do Flamengo acredita muito em um grande ano do clube rubro-negro.

Avaliação do elenco: 86 milhões de euros

RIVER PLATE

O atual campeão da Libertadores 2019 não faz um bom campeonato argentino é verdade, mas não pode ser descartado da lista de favoritos ao título. Especialmente porque manteve praticamente todo o time titular campeão em 2018, perdendo apenas o zagueiro Maidana, transferido ao Toluca do México. O clube portenho suportou as investidas do Real Madrid para levar o meia acatante Exequiel Palacios e entrou em acordo com o Atletico Madrid para a permanência de Rafael Santos Borré, atacante colombiano titular em 2018. Para suprir a saída de Maidana, os millonarios trouxeram o zagueiro Robert Rojas, do Guarani do Paraguai.

Avaliação do elenco: 96 milhões de euros

BOCA JUNIORS

o clube Xeneize esteve muito perto de conquistar a sua sétima copa libertadores em 2018. Pela tradição, camisa e regularidade nessa competição, o Boca Juniors também não poderia ser excluído da relação de favoritos. Da equipe vice-campeã da libertadores em 2018, perdeu o zagueiro Lisandro Magallán transferido ao Ajax e o meia Pablo Perez, emprestado ao Independiente. No comando da equipe, com a saída de Scheleto para o LA Galaxy, o Boca tem Gustavo Alfaro, quem vem de grande trabalho no Huracan.

Avaliação do elenco: 103 milhões de euros

Podem surpreender

GRÊMIO

O time gaúcho esteve muito perto da decisão da Libertadores de 2018. Um gol sofrido depois dos 40 do segundo tempo na semi-final contra o River Plate (que seria o campeão) acabou por eliminar o time na competição. Com a manutenção de quase todo o time para 2019 e principalmente, com a manutenção de Renato Gaúcho no comando da equipe, o Grêmio pode ainda surpreender nessa libertadores e disputar o título. Da equipe titular de 2018, o Grêmio perdeu o goleiro Marcelo Ghroe para o futebol árabe e Ramiro para o Corinthians. Mas trouxe o volante Romulo do Flamengo, o meia Montoya (ex-Rosario Central) que estava no México, o goleiro Julio Cesar do Fluminense e o atacante Felipe Vizeu, ex-Flamengo e que estava na Udinese da Itália, esperança de gols na temporada.

Avaliação do elenco: 77 milhões de euros

CRUZEIRO

O time mineiro é mais um clube que, assim como o Grêmio, tem a fortaleza da continuidade no trabalho realizado em 2018. O clube manteve no comando o treinador Mano Menezes, bem como jogadores sondados por outros clubes como o meia atcante Thiago Neves e o zagueiro Dedé. Perdeu é verdade, Arrascaeta para o Flamengo, Rafael Sobis para o Internacional e o meia Mancuello para o Toluca. E dispensou o atacante Hernan Barcos. Por outro lado, se reforçou com o lateral colombiano Orejuela do Ajax, o lateral esquerdo Dodô, que veio do Santos emprestado pela Sampdoria, o meia Jádson do Fluminense e o grande nome para a temporada, a repatriação de Rodriguinho, ex-Corinthians, vindo do futebol do Egito. O Cruzeiro tem elenco para brigar pelo título e principalmente, a manutenção de um trabalho já bem conduzido pelo experiente Mano Menezes.

Avaliação do elenco: 51 milhões de euros

INTERNACIONAL

O time colorado iniciou 2018 baixo suspeitas, mas ao longo do ano se postulou como um time forte, competitivo, e por alguns momentos chegou a pensar no título do campeonato brasileiro. O Inter garantiu a sua vaga na Libertadores direto na fase de grupos e reforçou seu elenco, com vistas a buscar algo maior na competição. Trouxe os atacantes Rafael Sobis do Cruzeiro, Trellez do São Paulo, Neilton do Vitória e Guilherme Parede do Coritiba. Também trouxe o lateral Bruno do Bahia e os meias Rodrigo Lindoso do Botafogo e Galdezani do Coritiba (esse último, lesionou-se e ficará 7 meses afastado). Toda a espinha dorsal do time colorado foi mantida com Marcelo Lomba no gol, os zagueiros Moledo e Vitor Cuesta, os alas Zeca e Iago, os volantes Edenílson e Rodrigo Dourado, o meia D’Alessandro e os atacantes Nico Lopez e Pottker. O clube tem grandes aspirações para essa competição.

Avaliação do elenco: 62 milhões de euros

SÃO PAULO

O tricolor paulista precisa (e muito) retomar o caminho das conquistas. Para isso, o clube reforçou-se para 2019 com 7 jogadores sendo eles o goleiro Tiago Volpi, do Queretaro (México), o lateral Léo do Fluminense, o volante Willian Farias do Vitória, o meia atacante Hernanes que retornou da China e os atacantes Pablo do Athlético Paranaense e Biro Biro que estava no futebol chinês. Além dos reforços conta com a experiência do meia Nenê e do atacante Diego Souza, além do comando de André Jardine. Não é favorito ao título, inclusive ainda precisa passar pela fase de pré-libertadores e ingressa em um grupo complicado com River Plate e Internacional, mas pode surpreender.

Avaliação do elenco: 64 milhões de euros

Zebras?

  • Atletico MG
  • Olimpia (Paraguai)
  • Huracan (Argentina)
  • Athletico PR
  • LDU (Equador)

Favoritos as 4 vagas restantes na fase de grupos

Pelo peso da camisa, tradição e elenco e analisando os confrontos definidos, os favoritos a ingressar na fase de grupos nas últimas 4 vagas restantes seriam:

  • Atletico MG
  • São Paulo
  • Atletico Nacional (Colômbia)
  • Universidade do Chile

Clubes que correm por fora para entrar a fase de grupos:

  • Libertad (Paraguai)
  • Independiente de Medelín (Colômbia)

Campeonato Brasileiro 2019

O campeonato brasileiro é uma das competições mais imprevisíveis do mundo, visto que ao inicio dela, pelo menos entre 10 e 12 equipes tem chances reais de título.

Por isso, qualquer prognostico estando ainda a 2 meses do inicio da competição é bastante desafiador. Tentamos aqui olhar para as tendências e apontar os caminhos que elas indicam.

Favoritos ao título do brasileirão

  • Palmeiras
  • Flamengo

Para o ano de 2019, em uma analise previa em base aos elencos das equipes, Palmeiras e Flamengo são sem duvida os favoritos a vencer a competição. Ambas as equipes tem treinadores experientes em seu comando (Felipão e Abel Braga) e buscaram reforços importantes para os seus já qualificados elencos. Sem dúvida, são os times do momento nesse inicio de 2019.

O Palmeiras tem a seu favor, o elenco de qualidade, um treinador experiente e novidades que devem se firmar em 2019. Carlos Eduardo é uma das apostas de Felipão para a temporada, jogando como ponta aberto e agudo pelo lado direito, abrindo o jogo e dando espaço para Lucas Lima e Gustava Scarpa serem os principais articuladores do Palmeiras.

Já pelo lado rubro-negro, o treinador Abel Braga precisa desenhar um modelo de jogo que funcione em meio a tantas qualidades individuais como Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique, Gabigol e Henrique Dourado. Nesse inicio de ano, o que temos visto no Flamengo é alguma dificuldade na transição do meio ao ataque, e as soluções tem vindo especialmente através de Bruno Henrique e Everton Ribeiro.

Devem brigar pelo título

  • Gremio
  • Cruzeiro
  • Internacional

Em um segundo escalão e muito pela manutenção dos trabalhos desenvolvidos até então, podemos colocar o Grêmio, o Cruzeiro e o Internacional como equipes que podem aspirar algo importante no torneio.

No tricolor gaúcho, Marinho começa o ano a frente de Alisson na disputa pela vaga no lado direito do ataque. Everton segue inabalável no lado esquerdo, e Vizeu pode ser o grande nome do ataque tricolor em 2019. Luan volta de lesão e também deve ser um grande nome do Grêmio para 2019 que ainda conta com Montoya, Maycon, Michel e a grande promessa da base, Jean Pierre, em quem se aposta e muito.

O Cruzeiro manteve a base de 2019 e esse é o principal ponto forte da equipe para o ano. Arrascaeta deve ser substituído por Rodriguinho, que se encaixar bem no time, pode ter até desempenho superior ao seu antecessor. O time mineiro tem uma ótima transição da defesa ao ataque, laterais que avançam e alternância de bola nos dois lados do campo. Além disso, trouxe reforços pontuais para o banco de reserva, o que é fundamental em um campeonato longo como é o brasileiro.

O Internacional entre os três clubes deste bloco é talvez a maior incógnita no inicio da temporada. Assim como Cruzeiro e Grêmio, o Inter manteve a comissão técnica e a base do time de 2018, entretanto, o Internacional trouxe 8 reforços e metade deles (4) para o ataque. Em meio a tantas novidades, é preciso esperar para entender o desenho tático que implantará o treinador Odair Hellmann.

Podem surpreender

  • São Paulo
  • Corinthians
  • Atético MG
  • Athletico PR

Em um terceiro degrau, podemos colocar times como o São Paulo, que tem um elenco experiente, o Corinthians pela tradição e por estar buscando reforçar o elenco, o Atlético Mineiro e o Atlhetico Paranaense.

Pouca esperança de título

Botafogo, Fluminense, Santos e Vasco precisam urgentemente de reforços se esperam algo maior para esse ano.

Briga pela permanencia na primeira divisão

  • Avaí
  • Bahia
  • Ceará
  • Chapecoense
  • CSA
  • Fortaleza
  • Goiás

Superliga Argentina 2019

logo superliga argentina de futebol

Com mais de 60% do campeonato já jogado, Racing e Defensa y Justicia estão brigando palmo a palmo pelo título e com boa vantagem sobre o último colocado. E curiosamente a ultima rodada do campeonato, no dia 07 de Abril traz justamente o confronto entre Racing x Defensa y Justicia, no estádio “El Cilindro” do Racing.

Favoritos ao Título

RACING

O time de Avellaneda é no momento, o maior candidato a conquistar a Superliga argentina em 2019. O time lidera o campeonato e ainda reforçou-se no inicio deste ano, trazendo os atacantes Andres Rios, do Vasco e Darío Cvitanich, do Banfield, além do volante Nery Dominguez, do Queretaro, do Mexico. O elenco é avaliado em 48 milhões de euros.

DEFENSA Y JUSTICIA

O encalce do Racing no campeonato é o modesto Defensa y Justicia, que jamais venceu o campeonato argentino, mas que montou um elenco de qualidade para a temporada, avaliado em 42 milhões de euros. Para a reta final do campeonato, o clube também reforçou-se e trouxe os meias Ignacio Gonzalez, do Danubio, Alexis Castro do San Lorenzo e José Luis Fernandez, do Rosario Central. Trouxe ainda o lateral Maximiliano Caire, do Tigre e a grande contratação da temporada, o atacante argentino Fernando Marquez que estava atuando no futebol da Malasia.

Ainda podem buscar o título

Logo abaixo na tabela, há equipes que ainda podem “beliscar” o título, mas precisam uma regularidade importante para encurtar a distância com Racing e Defensa y Justicia. São eles:

  • Atletico Tucuman
  • Huracan
  • Velez Sarsfield
  • Boca Juniors
  • River Plate
  • Godoy Cruz

PERSPECTIVAS DO FUTEBOL EUROPEU EM 2019

Champions League 2018/19

A Champions League volta a partir de 12 de fevereiro com o inicio dos confrontos decisivos das oitavas de final. Os jogos já definidos pelo sorteio são:

Porto x Roma

PSG x Manchester United

Borussia Dortmund x Tottenham

Real Madrid x Ajax

Barcelona x Lyon

Bayern x Liverpool

Juventus x Atletico Madrid

Manchester City x Schalke 04

Em um campeonato desse nível, é muito difícil determinar favoritos, mas é possível separar em pelo menos 3 blocos os times com maiores possiblidades de conquista do título.

Em um primeiro bloco, como principais candidatos podemos colocar o BARCELONA e o MANCHESTER CITY. Ambas as equipes ficaram na primeira posição com sobras nos seus respectivos grupos e tem como ponto forte a seu favor a regularidade. Elencos fortes, treinadores experientes e camisas de peso, com plenas condições de conquistar a Champions League. Na janela de inverno, o Barcelona ainda trouxe dois reforços: o zagueiro colombiano Jeison Murillo do Valencia, e o atacante Kevin Prince Boateng, do Sassuolo. Já o City manteve o mesmo elenco que finalizou 2018.

Em um segundo bloco, podemos colocar o REAL MADRID e a JUVENTUS. Mesmo sem viver um grande momento, o Real Madrid nunca pode ser desconsiderado na disputa do título, visto que é o maior vencedor da competição com 7 títulos e atual tricampeão. Para esse inicio de 2019 o Real Madrid apresentou um único reforço, o meia atacante Brahim Díaz, vindo do Manchester City. Ainda nesse segundo bloco, colocamos a JUVENTUS de Cristiano Ronaldo como um potencial campeão da Champions League. Não apenas pela presença de CR7. A Juve conta com um elenco repleto de grandes nomes como Douglas Costa, Dybala, Pjanic e outros. Pode sim chegar à disputa do título.

E finalmente, em um terceiro bloco podemos colocar o PSG e o LIVERPOOL. O PSG sonha com a sua primeira conquista da Champions League e vem montando elencos com os que pode sonhar. Com um ataque formado por Neymar, Cavani e Mbappe, o PSG tem em sua contra a falta de tradição e experiência na competição. Por outro lado, o Liverpool sonha reviver a conquista inesquecível da competição na temporada de 2004/05, mas tem como ponto em contra a necessidade de olhar com muito cuidado a Premier League, onde é líder e tem o Manchester City ao seu encalce. Entretanto, tem elenco e qualidade para brigar pelo título da competição.

É pouco provável que o campeão da Champions League 2018/19 esteja fora desse bloco top 6 apontado acima. Talvez os alemães Borussia Dortmund e Bayern podem ainda surpreender e chegar à disputa do título. Ou o próprio Manchester United, pela camisa e tradição. Agora é esperar para conferir.

Premier League 2018/19

O melhor campeonato nacional do mundo entra 2019 com uma disputa acirrada entre dois gigantes do futebol inglês: Liverpool e Manchester City. Com mais de 60% do campeonato já disputado, o time dos Beatles lidera o campeonato, mas tem o Manchester City no seu encalce e sabe que qualquer tropeço pode comprometer o campeonato.

Curiosamente o Liverpool, que era o maior campeão inglês até a criação da Premier League, jamais conquistou essa competição. Desde a sua criação em 1992, o Liverpool viu o Manchester United vencer o campeonato em 13 oportunidades e superar o até então maior campeão inglês.

Leia também: Entenda como funciona a Premier League

Ainda com chances de brigar pelo título, mas precisando colocar o pé no acelerador, temos os rivais londrinos, Tottenham e Chelsea. Os Spurs sob o comando de Mauricio Pochettino desde 2014, tem apresentado regularidade ano após ano, disputando títulos, mas ficando no “quase” em todas oportunidades. O último título do Tottenham foi na temporada 2007/08, quando venceu a Copa da Liga e desde então não tem nenhuma conquista. Já os “blues”, campeões nas temporadas 2014/15 e 2016/17 estão ainda em condições de chegar a disputa do título, mas precisam melhorar seus resultados especialmente nos clássicos, onde perdeu para Tottenham e Arsenal.

Finalmente, com menores probabilidades de chegar ao título, mas sem poder ainda descartar, encontramos o Arsenal e o Manchester United. Ambas as equipes tem tido muitos problemas no seu setor defensivo, sofrendo mais que o dobro de gols que o Liverpool, líder do campeonato. Seus ataques tem marcado gols e se ajustarem seus sistemas defensivos, podem sim trazer dor de cabeça ao pelotão de cima.

Serie A Italiana 2018/19

No campeonato italiano, mais uma vez parece que não haverá novidades importantes. A Juventus deve manter sua hegemonia e conquistar mais um campeonato, que seria o oitavo consecutivo. A velha senhora vem mantendo ampla vantagem sobre o segundo colocado, o Napoli, que por sua vez tem grande vantagem sobre o terceiro colocado, a Internazionale. Daí para baixo, vemos apenas uma bela disputa pela última vaga direta na Champios League, vaga esta sendo disputada por Milan, Roma, Sampdoria, Atalanta e Lazio, efetivamente a única emoção que traz a competição.

O Milan reforçou-se com a contratação de Lucas Paquetá, do Flamengo e o atacante polonês Piatek, que estava no Genoa, tudo para garantir sua participação na competição mais importante da europa.

Além do Milan, no pelotão de cima, apenas a Sampdoria reforçou-se, trazendo o atacante Manolo Gabiadinni, do Southampton e o Atalanta contratou o lateral esquerdo do Fluminense, Roger Ibañez.

Bundesliga 2018/19

logo bundesliga fundo campo de futebol

O campeonato alemão promete grandes emoções na reta final. O poderoso Bayer, campeão das ultimas 6 edições, finalmente tem um adversário de verdade na disputa do título, o Borussia Dortmund. A equipe de Dortmund tem sido implacável em casa, com aproveitamento próximo a 90% enquanto seu arqui-rival tem desperdiçado pontos importantes, mesmo jogando em sua própria casa.

O Bayern, no entanto, supera o time de Dortmund nos jogos fora de casa, ponto que pode dificultar as ambições do Borussia. Por outro lado, o Bayern sente o peso da alta média de idade da equipe, pouco renovada nas ultimas temporadas: Ribbery, Robben, Rafinha, Neuer, Ureich, Lewandovski, Javi Martinez, Boateng e Hummels, todos com 30 anos ou mais, já estão no elenco a varias temporadas e a sempre saudável renovação do elenco, não aconteceu.

Borussia Monchengladbach e RB Leipzig são as outras equipes que ainda poderiam entrar na disputa do título, entretanto, estarão mais focadas em garantir suas vagas na Champions League.

La Liga Espanhola 2018/19

logo laa liga com fundo preto

O título espanhol desde 2005 tem residência alternada entre duas cidades espanholas: Barcelona e Madrid. Isso porque na única vez nos últimos 14 anos que o título não ficou com Barcelona ou Real Madrid, o Atletico Madrid acabou ficando com a taça (2014).

E na temporada 2018/19 não será diferente. O Barcelona lidera o campeonato e é o grande favorito para a conquista do título. E no seu encalce encontramos o Atletico Madrid e o Real Madrid, mantendo, portanto, a tradicional hegemonia do futebol espanhol.

O Barcelona tem a seu favor a regularidade: perdeu apenas um jogo no campeonato até o momento, e tem grande aproveitamento, tanto em casa como fora.

O Atletico Madrid tem excelente aproveitamento em casa, mas perde pontos importantes fora de casa. Embora tenha apenas uma derrota no campeonato, o time de Simeone acumula muitos empates e precisa ser mais decisivo nas partidas fora do seu estádio.

Já o Real Madrid iniciou muito mal o campeonato e já tem 6 derrotas na competição. O brasileiro Vinicius Júnior, entretanto, tem sido mais aproveitado pelo treinador Santiago Solari e é um dos principais garçons da equipe, liderando o número de assistências a gol pelo time espanhol.

FUTEBOL, A ETERNA “CAIXINHA DE SURPRESAS”

Como falado no inicio desse post, o futebol é uma eterna “caixinha de surpresas”. O futebol é um dos poucos esportes coletivos onde a equipe mais fraca pode vencer a equipe mais forte. Isso é praticamente impossível em outros esportes como o basquete ou o voleibol, onde equipes tecnicamente superiores dificilmente serão surpreendidas. No futebol, vemos surpresas com relativa frequência.

Talvez no futuro, ao ler esse post possamos até rir de algumas previsões não confirmadas. Como esquecer, por exemplo, o “melhor ataque do mundo”, com Romário, Savio e Edmundo no ano do centenário do Flamengo? O tão badalado ataque não ganhou nada naquele ano, contrariando as previsões iniciais. E os exemplos são tantos que faltariam linhas nesse post para descrevê-los.

E tudo isso torna o futebol, o esporte mais apaixonante do planeta.

Leia também: Principais campeonatos de futebol do mundo

Marcações: